sábado, 31 de março de 2012

Oraçao em linguas e chave do sobrenatural

Ministério Ana Maria Dias
Caixa Postal 254 Barueri – SP 06455-972
Fone/Fax: (11) 4191-6425 www.minamd.org.br

DAVE ROBERSON

Janeiro – 2002

Querido amigo,

Muito obrigado pela gentileza que você tem me demonstrado, sendo meu amigo. Com o passar do tempo, eu tenho me fortalecido com o que sei: Não há nenhum chamado maior do que seguir Jesus. Isto significa mais para mim do que você imagina, porque você é o tipo de amigo que ora por mim e está comigo em tudo o que Deus tem me chamado para fazer. Eu não sei como lhe agradecer por isso tudo.

Um pouco antes da Conferência de Oração e Poder em Março de 2001, eu reservei um tempo para ficar a sós com Deus para me preparar. Quase que no primeiro dia, o diabo apareceu na porta e entrou em combate comigo, como se já soubesse que alguma coisa estava diferente neste meu tempo de busca a Deus e algo teria que ser feito para me parar.

Depois de muitos dias, um choro forte, sobrenatural veio sobre mim. Quando eu digo sobrenatural, eu quero dizer que é quase como uma criança chorando depois de levar uma surra. Embora os pais desta criança digam a ela para enxugar as lágrimas, ela não consegue parar de repente. Aquele soluço de um coração fortemente apertado continuava por muitos minutos.

Por nove horas, este choro continuou em mim. Levou-me um tempo para entender o que estava acontecendo. Mas agora, quase um ano depois, eu sei que era o coração do Pai que havia me tocado.

A graça de Deus estava muito presente naquele breve encontro. Mais tarde, eu senti Sua compaixão e amor tão forte, que depois, quando as pessoas vieram até mim e disseram o quanto amavam e estavam agradecidas pelo ministério que Deus me deu e o quanto suas vidas têm sido mudadas, EU QUERIA CORRER COMO UM GATO ESCALDADO!

Eu não reagi daquele jeito porque é errado demonstrar gratidão assim, mas porque alguma coisa profunda havia acontecido comigo, dentro de mim, quando o coração do Pai me tocou brevemente naquele momento, as linhas estavam definidas entre as obras e a graça – entre receber a glória e dar toda glória a Deus. Depois de experimentar aquele toque, tudo em mim queria ter certeza de que eu estava dando toda a glória a Ele.

Durante aquela experiência, Deus por algum motivo não me capacitou a ver com clareza como Ele tinha se tornado meu Pai e como está interessado em cada simples detalhe da minha vida. Eu vi de um jeito bem fundo como nunca antes, que nenhuma palavra pode explicar a maravilhosa graça que me salvou e me fez Seu filho. Ver as pessoas através do toque que Deus me deu, mesmo por aquele breve momento, fez alguma coisa com a minha fé. Foi quase mais do que eu podia agüentar, ver Deus todo cheio de poder e todo rodeado de glória, ainda tão intensamente interessado em cada parte das nossas vidas.

Como você sabe, fé é um produto do espírito do homem. Por isso, quando Deus me tocou, Ele tocou o meu espírito. Aquele toque divino fez uma obra em mim que para sempre mudou o meu jeito de orar pelas pessoas, assim como os efeitos de tais orações. Naquele toque, a compaixão de Deus me deu uma dimensão sobre a palavra “intercessão”, que quer dizer intervir no lugar de uma outra pessoa.

Tendo recebido esta revelação da compaixão de Deus, como eu não irei orar com mais eficiência? Como eu não vou ter mais fé para as pessoas a quem eu oro quando eu sei que Deus quer fazer alguma coisa para elas cem mil vezes mais do que eu quero?
Que diremos, pois à vista destas coisas? Se Deus é por nós, quem será contra nós?
Aquele que não poupou o seu próprio Filho, antes, por todos nós o entregou, porventura não nos dará graciosamente com ele todas as coisas? Romanos 8:31 e 32

Algumas vezes há um engano comum entre grupos de pessoas de bom coração que acreditam terem sido chamadas para um ministério de oração e intercessão, e isto parece passar de um grupo para outro. Tal engano seria: Como os cristãos intercedem por outros, eles, de algum modo, movem Deus para fazer as coisas que de outro modo não teriam sido feitas. Seria como se Deus não tivesse a chance de escolher o que Ele prevaleceu senão se mover de acordo com as orações que as pessoas fazem a Ele.

Este conceito não tem nada a ver com a mensagem dada em Romanos 8:32: Aquele que não poupou o seu próprio Filho, antes, por todos nós o entregou porventura não nos dará graciosamente com ele todas as coisas? A verdade dos fatos é que Deus tem amor total pelas pessoas. A cruz já provou a Sua intenção compassiva. O que os intercessores fazem é dar a Ele acesso às vidas das pessoas porque de outro modo não seria possível.

Deus está tão interessado em cada detalhe da sua vida! Ele quer se mover em seu lugar mais do que você pode imaginar. Durante aqueles momentos em que você não sabe como orar, quando você ignora o que Deus quer de você em certas áreas de sua vida, ou simplesmente quando você não sabe por que as suas orações não são respondidas – Deus irá procurar desesperadamente por alguém para que Ele possa se mover, dando-O o que Ele precisa para responder suas orações.

Deus está sempre procurando por aqueles que Ele possa usar como intercessores de outros,, permitindo que Ele intervenha no lugar da pessoa que não sabe como obter resposta às suas orações de nenhum outro jeito. O consenso comum religioso é que intercessores movem Deus. Mas, na realidade, DEUS move INTERCESSORES. Ele está procurando alguém específico entre os cristãos que irá se doar para tal oração – acessando à vida das pessoas para fazer coisas a elas que Ele não poderia fazer de outra maneira.

Então, não é só que Deus está intensamente interessado em sua vida, mas Ele também tenta mobilizar pessoas para orar em seu lugar para que Ele possa fazer coisas para você que poderia fazer de outra maneira. Por que Ele isso? Porque Ele é o seu Pai e Ele ama você. Ele não vai parar nunca de tentar achar um jeito em sua vida para operar pelo seu bem.

Por muitos meses depois desta experiência de oração, minha mente sofreu para entender o toque de compaixão que o meu espírito tinha recebido. Mas, quando o entendimento finalmente veio, os resultados que em primeiro lugar começaram a aparecer foram com relação à eficácia nas minhas orações, feitas por outras pessoas. A rápida olhada para o incrível amor de Deus às pessoas causou uma diferença imensa em receber respostas para as minhas orações pelos outros.

Agora, quando eu penso em orar pelas pessoas, eu me sinto tomado de entusiasmo. Isto porque posso sentir a forte presença de prazer do Pai quando seguro um microfone na boca de alguém e ouço aquela pessoa testemunhando sobre olhos cegos ou ouvidos surdos que acabaram de se abrir. Agora eu sinto este entusiasmo e prazer assim que oro por alguém – como se minha oração acabasse de ser ouvida!

Deixe-me explicar isso melhor para ajudá-lo a entender a paixão que Deus tem por você e o Seu grande desejo em responder suas orações e atender as suas necessidades. Quando alguém lhe dá um carro zero km, ninguém pode tirar de você o seu entusiasmo. O prazer que você sente em ser capaz de fazer coisas que antes você não podia, faz com que você se sinta cheio de grande alegria.

Este é o tipo de entusiasmo e prazer que o Pai sente quando Ele é capaz de Se mover em seu lugar para atender as suas necessidades e responder as suas orações. Achar um meio pelo qual Ele possa intervir e fazer coisas para você é um presente mais precioso para Deus do que um presente que você ganha de alguém como um carro novo.

A sombra de Pedro e os aventais do corpo de Paulo serviram como mais dois meios da compaixão divina. Vamos ver primeiro em Atos 5:14-16, quando Pedro ministrou em Jerusalém, nos pórticos de Salomão:
E crescia mais e mais a multidão de crentes, tanto homens como mulheres, agregados ao Senhor;
A ponto de levarem os enfermos até pelas ruas e os colocarem sobre leitos e macas, para que, ao passar Pedro, ao menos a sua sombra se projetasse nalguns deles.
Afluía também muita gente das cidades vizinhas a Jerusalém, levando doentes e atormentados de espíritos imundos, e todos eram curados.

Deus é tão cheio de misericórdia e compaixão que usou até mesmo a sombra de Pedro para curar as pessoas!

Agora vamos ver o que aconteceu quando Paulo veio para a sinagoga em Éfeso. Por três meses, Paulo contestou com os judeus a respeito da verdade do Evangelho de Jesus Cristo. Quando os principais dos judeus recusaram-se a acreditar, Paulo começou a ensinar aos novos convertidos numa escola de um homem chamado Tirano (que provavelmente era uma escola de filosofia, pela qual os gregos eram muito famosos). Durante os dois anos seguintes ele contestou, pregou, convenceu e operou milagres até que toda a Ásia tivesse ouvido a mensagem do Evangelho que foi além daquele lugar.

Isto durou por um espaço de dois anos, dando ensejo a que todos os habitantes da Ásia ouvissem a palavra do Senhor, tanto judeus como gregos.

E Deus, pelas mãos de Paulo, fazia milagres extraordinários,
A PONTO DE LEVAREM AOS ENFERMOS LENÇOS E AVENTAIS DE SEU USO PESSOAL, DIANTE DOS QUAIS AS ENFERMIDADES FUGIAM DAS SUAS VÍTIMAS, E OS ESPÍRITOS MALIGNOS SE RETIRAVAM. Atos19: 10-12.

A sombra de Pedro e os aventais de Paulo costumavam ser um mistério para mim – mas não são mais. Deus não estava apenas DEMONSTRANDO, Ele estava procurando UM MEIO DE ENTRAR NA VIDA DAS PESSOAS.

Deus não usou Pedro e Paulo nestes jeitos incomuns porque eles clamaram para serem grandes, pois Deus não faz acepção de pessoas. Estes meios foram apenas mais dois demonstrativos da compaixão de Deus em suprir as necessidades das pessoas. Deus estava determinado em achar mais um meio para poder libertar as pessoas – mesmo se Ele tivesse que fazer isto através de panos de um homem de uma cidade a outra ou através de sua sombra.

Deus é tão cheio de amor e compaixão. Ele quer atender as nossas necessidades tão fortemente, que irá usar coisas como os aventais de Paulo ou a sombra de Pedro como UM MEIO DE COMPAIXÃO para intervir em nosso lugar e em lugar das nossas orações pelos nossos entes queridos.

Apenas tente imaginar a medida do amor infinito e compaixão que puderam tocar o espírito de Paulo a fim de ter feito esta declaração sobre ele mesmo dizendo ser compatriota com os judeus:
Digo a verdade em Cristo, não minto, testemunhando comigo, no Espírito Santo, a minha própria consciência:
Tenho grande tristeza e incessante dor no coração;
Porque eu mesmo desejaria ser anátema, separado de Cristo, por amor de meus irmãos, meus compatriotas, segundo a carne. (Romanos 9 : 1-3)
Paulo não somente estava desejando morrer pelos seus irmãos – seus compatriotas, os judeus – segundo a carne. Seu coração tinha sido tocado com tal amor e compaixão que, se possível (o qual não foi), ele teria aceitado ser amaldiçoado por Cristo para salvar seus compatriotas. Pense nisto – Paulo desejava passar a eternidade sem Deus, condenado para sempre aos tormentos incessantes do inferno, se isto significasse a salvação dos irmãos judeus.

Nós sabemos que isto não seria possível. Mas se fosse, o Espírito Santo – o Próprio Espírito da Verdade – teria sido capaz de se levantar e testificar no lugar da consciência de Paulo, dizendo: “Este homem está falando a verdade. Ele condenaria a si mesmo para que os seus compatriotas, os judeus, pudessem ser salvos”.

O tipo de amor e compaixão que Paulo teve pelos judeus é quase insondável, no entanto, eu estou começando a entender um pouquinho sobre isto. Ao ver as pessoas através do toque que Deus me deu na primavera passada, alguma coisa aconteceu com a minha fé. Eu vi Deus de um jeito novo – tão cheio de poder e todo compassivo, e ainda muito interessado em cada parte da minha vida. Era um lado da compaixão de Deus que me fez saber sem nenhuma dúvida que ELE É DE FATO MEU PAI.

O frescor desta revelação começou a produzir resultados gloriosos nos meses seguintes. Deus não apenas começou a operar milagres e curas sobrenaturais nos cultos, mas uma porção de testemunhos de curas incomuns começaram a aparecer de pessoas que NÃO estavam nos cultos. Aquelas pessoas foram curadas quando alguém se levantou por elas e pediu oração ou levou de volta a elas panos ungidos pelo poder de Deus em oração.

Alguns dos testemunhos que recebemos das pessoas:
- Curas de câncer em fase terminal
- Caroços que desapareceu
- Pessoas que saíram do hospital antes do tempo previsto com saúde perfeita
- Curas completas dos efeitos de um ataque cardíaco.

Um homem testificou que tinha feito uma cirurgia iminente no joelho, seu joelho estalou alto no momento em que sua mãe se levantou próxima a mim em oração numa cruzada onde eu estava ministrando. No momento da oração, o joelho desse homem foi completamente curado, em uma cidade longe dali!

Pois bem, temos recebido sempre testemunhos de pessoas que foram curadas através de alguém que se levantou em oração por elas. Mas de repente seis ou sete grandes milagres aconteceram, e três deles foram em pessoas que estavam morrendo!

Num encontro recente, a compaixão de Deus foi tão forte que milagres após milagres aconteceram. Ao final do culto, eu escutei a mim mesmo dizendo: “Tragam-me panos para eu orar sobre eles” – Alguém me trouxe sete ou oito lenços. Deus se mostrou tão agradecido, pois a unção era muito forte.

Quando eu terminei de orar sobre aqueles panos, eu tentei dá-los ao pastor. Assim que o pastor os pegou ele cambaleou e caiu sob o poder do Espírito Santo. Então eu peguei os lenços dele e os dei ao outro pastor, o associado dele, que também cambaleou e caiu sob o poder de Deus. Eu não posso esperar para ouvir o que aconteceu com aquelas pessoas a quem foram enviados aqueles panos!

Por entender o coração do Pai, eu posso dizer isto com a mais extrema confiança: Deus ama você tanto que está sempre procurando um jeito para entrar em sua vida e fazer boas coisas por você. Eu sei que existe algum jeito para fluir coisas do espírito ou conectar operações para isto, sobre o qual nós não sabemos muito ainda, mas parece ser governado pela compaixão divina. Considere o fato de Deus seguir um objeto inanimado, como um lenço ou um avental, de cidade para cidade a fim de curar pessoas ou fazer os diabos saírem de um corpo. Com certeza esta é a operação compassiva do Pai que ama você mais do que você pode entender!

Algumas vezes quando eu estou orando no Espírito Santo e adorando a Deus, eu entro no Espírito e vejo coisas. Uma visão se materializa em meu espírito e eu vejo um quadro de uma coisa sobre a qual Deus está me guiando para entender.

Eu percebi isto anos atrás quando Deus usou uma destas pequenas visões para me ajudar a entender uma revelação que Ele estava tentando trazer para mim. Apenas um quadro fez bem claro para mim uma revelação inteira. Assim que eu me familiarizei com esta operação do Espírito Santo e comecei a agir nas visões que Ele estava me dando, seguidas vezes elas provaram ser de Deus.

Deus usou aquelas visões para me mostrar certas direções que Ele estava me dando ou para alguma coisa que Ele queria que eu fizesse. Por exemplo, numa daquelas visões, eu me vi em pé em meu escritório na igreja. Os meus dois braços estavam entendidos para o Céu, e as minhas mãos estavam cheias de pedidos de oração. Atrás, eu podia ouvir um barulho vindo das pessoas como quando um multidão está entusiasmada com alguma coisa. Naquela visão, eu estava entusiasmado pelas respostas das orações. Parecia que cada um queria testemunhar sobre o milagre que havia recebido. As pessoas estavam emocionadas com o que Deus tinha feito!

É por isso que eu sei o que Deus quer para você. Ele quer se mover em seu lugar. Ele quer receber as suas orações e pedidos e fazer milagres. Ele quer salvar o seu ente querido que está perdido e remover todos os traços de desânimo.

Eu posso ver alguma coisa que você possa estar tendo dificuldade de enxergar. Eu posso ver o amor de Deus por você e o Seu intenso desejo de Se mover através do Seu poder na sua vida. E eu posso ver mais do que isso. Posso ver Deus procurando um jeito para fazer milagres em áreas de sua vida, coisa de muitos anos.
Então, por favor, não se deixe desencorajar. Quando Deus me tocou por aquele breve momento, Sua compaixão removeu um impasse da minha vida. Eu estava tendo problema em entender a medida do amor Dele por mim e pelos outros. Mas alguma coisa aconteceu naquele momento de fé, e eu nunca mais serei o mesmo.

Por favor, escreva-me. Deus está abrindo um caminho de compaixão para responder orações, e vamos ver o que o Deus de compaixão pode fazer por você. Seu Pai Celestial está procurando um jeito para entrar em sua vida e mover em você. Nós simplesmente precisamos abrir uma porta e dar a Ele o jeito para que Ele faça!

Alguém pode dizer, “Parece que você tem muita confiança em receber resposta das orações, mesmo com a distância, e através de caminhos de compaixão tais como cartas ou um pano que recebeu oração para que as pessoas de Deus recebam oração”.

Sim eu tenho uma grande confiança nas respostas às orações. Não é difícil quando eu já sei que Deus quer se mover em nosso lugar cem vezes mais do que eu quero.

Quando eu sinto a compaixão de Deus, não é difícil de acreditar que aquela oração que Jesus fez por nós em João 17 está sendo respondida. Jesus certamente disse em Sua oração que nosso Deus Pai nos ama com o mesmo amor que Ele ama Jesus!
Eu neles e tu em mim, a fim de que sejam aperfeiçoados na unidade, para que o mundo conheça que tu me enviaste E OS AMASTE, COMO TAMBÉM AMASTE A MIM. João 17:23

Como eu sei que este versículo se aplica a nós? Bem, o versículo 20 revê que Jesus não estava orando somente para os Seus apóstolos, mas por todos aqueles, pelas gerações seguintes que acreditassem na Sua Palavra – e isto nos inclui.
Não rogo somente por estes, mas também por aqueles que vierem a crer em mim, por intermédio da sua palavra. João 17:20

Nós podemos viver dois mil anos depois da Cruz, mas a oração de Jesus ainda está sendo respondida para nós porque cremos Nele.

Você pode imaginar quão rapidamente Deus irá responder uma oração que Jesus tenha feito? E Jesus fez uma oração liberada para nós todos, para conhecermos o mesmo amor com que o Pai O ama.

Você pode saber que a oração de Jesus ainda está sendo respondida para VOCÊ. Porque o Pai ama você do mesmo jeito que Ele ama Jesus, Ele está procurando um jeito de entrar em sua vida e fazer grandes coisas para você.

Perto de um ano depois daquela experiência quando Deus me tocou, eu posso dizer com a mais extrema confiança por aquele rápido momento, foi-me permitido ver o coração do Pai. De um jeito tão profundo como nunca, eu sei que Deus me ama e que Ele ama você com o mesmo amor que Ele ama Jesus.

Antes daquele momento eu não conhecia ninguém que pudesse amar um ser humano do jeito que Deus Pai ama você. Sim, aquele conhecimento fez alguma coisa com a minha fé.

Então por favor, escreva-me e me fale o que você precisa que Deus faça para você. Não importa o que o diabo tem feito na sua vida, não importa quão horrível estejam as suas circunstâncias, ele veio tarde demais. Eu tive uma rápida visão do amor de Deus e da Sua compaixão e sei o que o Pai quer fazer por você.

Há um grande entusiasmo dentro de mim para ouvir o que Deus faz como um resultado a tudo isso – Hebreus 11:1 explica por que: “Ora, a fé é a certeza de coisas que se esperam, a convicção de fatos que se não vêem”. Eu sinto em meu espírito como se estivesse ouvindo testemunhos de grandes milagres, mesmo antes de orar por eles!

Seu amigo e colaborador
DAVE ROBERSON


AGORA SOU EU QUE PRECISO DE SUA AJUDA.
AQUÍ HA 2 MANEIRAS EM QUE VOCE PODE ME AJUDAR:

1– POR FAVOR VISITE MEU BLOG http://oracaoemlinguas.blogspot.com.br/ E VISITE (CLIQUE) OS ANUNCIOS DO GOOGLE QUE APARECEM NA BARRA LATERAL. FAZENDO ISSO VOCE ESTARA AJUDANDO-ME A CONTINUAR ESTE MINISTERIO.
2- PRECISO LEVANTAR UMA CONSIDERAVEL QUANTIA $$$$ PARA PUBLICAR UM LIVRO : “Milagres Financeiros
DEPOSITO BANCARIO A NOME DE : Ariston V C Junior
BANCO: ITAU
AGENCIA: 8260
CONTA Corrente:23926-7
CIDADE: Caruaru

SUA OFERTA E INVESTIMENTO NO REINO DE DEUS E
ELE CERTAMENTE ABENCOARA SUAS FINANCAS.
QUE DEUS O ABENCOE!


Oraçao em Linguas na Nova Aliança

DAVE ROBERSON

Setembro 2001


Querido amigo,


Aqui vão algumas boas notícias: Todo filho de Deus tem direto acesso ao Pai Celestial. Tanto faz se tal pessoa é chamada para ser um apóstolo todo poderoso ou simplesmente o “Sr. José” qualquer, todas as pessoas têm o direito de ouvir a voz de Deus.

De fato, Deus disse que debaixo da Nova Aliança, não seria como na Antiga Aliança, quando os homens ensinavam outros homens para conhecerem o Deus deles através de ordenanças, preceitos, dias santos, e os Sábados. Agora, em vez disso, todos os que são nascidos de novo recebem a natureza de Deus e então irão conhecê-Lo por si mesmos – do menor ao maior, desde a Mariazinha até a Primeira Dama!

“Não ensinará jamais cada um ao seu próximo, nem cada uma ao seu irmão, dizendo: Conhece ao Senhor, porque todos me conhecerão, desde o menor até ao maior deles, diz o Senhor. Pois perdoarei as suas iniqüidades e dos seus pecados jamais me lembrarei”. JEREMIAS 31:34

A voz de Deus não está apenas reservada para poucos pregadores como William Branham, que costumava operar profundamente com a palavra de conhecimento, mesmo dizendo às pessoas através do Espírito detalhes como o nome delas e seus endereços. A voz de Deus está totalmente disponível para TODOS OS SEUS FILHOS – não apenas para o propósito de um ministério, mas também para guiar a todos os cuidados da vida. Todos os crentes precisam aprender como o Espírito Santo se comunica com eles, bastando apenas desenvolver seus ouvidos espirituais, para ouvi-Lo.

Deus se comunica conosco em quatro tipos básicos. O primeiro jeito e o mais comum é O TESTEMUNHO INTERIOR. Este método de comunicação basicamente envolve uma, de duas coisas: tanto um senso de paz interior que nos indica “vá em frente” em uma determinada situação ou o que é sempre chamado “dar uma checada em nosso espírito”. Segundo, Deus se comunica através de REVELAÇÃO. Este é o jeito mais efetivo que Ele usa para se comunicar.

O testemunho interior lhe dá uma direção geral em sua vida. Parece que você já sabe dentro de você o que é para fazer, “Ah sim!, já sei é para eu fazer isso mesmo” ou “Não, não! Eu estou para fazer alguma coisa que eu não deveria fazer”. Mas quando Deus se comunica com você através de revelação, é o equivalente de se compreender uma revelação global no espírito “como o chip de um computador”; então é enviado pelo Espírito Santo para o seu espírito, aonde todo o conteúdo é liberado de uma só vez. Há poucos momentos atrás você era apenas um simples computador que não tinha nada em seu “disco rígido” com relação àquela revelação. Mas de repente o Espírito Santo faz o ‘download’ para o disco rígido do computador e libera um programa inteiro contendo sabedoria de revelação dentro de você, e você percebe, AGORA EU SEI TUDO SOBRE ESSE ASSUNTO!

Deus tem o máximo prazer de se comunicar com o seu espírito humano através de revelação porque Ele pode por uma revelação inteira dentro do seu espírito em uma fração de segundo. Subitamente você acaba de entender tudo.

Por muitas vezes eu já recebi uma revelação inteira em menos de um segundo. Deus simplesmente fez o ‘download’ em meu espírito, e então eu levei três meses para pregar o que eu recebi.

Deus não reservou esta experiência somente para os pregadores. Por exemplo, se uma pessoa possui um negócio, Deus pode fortalecê-lo em um milésimo de segundo através deste jeito de revelação. Naquele minúsculo espaço de tempo, Ele pode mostrar para aquela pessoa o que ele precisa fazer para ganhar um milhão de dólares num espaço, de apenas, um ano.

A questão é, Deus pode se comunicar com você daquele jeito? Mais para frente eu vou falar com você como se posicionar para ouvir de Deus através de revelação orando em línguas. Mas primeiro vamos olhar o TERCEIRO JEITO que Deus usa para se comunicar com você: através de SUA PRÓPRIA LÍNGUA NATIVA – isto é, na língua (vernáculo) em que você pensa.

Há muito tempo atrás, quando Deus profetizava através de mim ou falava comigo, Ele sempre falava comigo perfeitamente em Inglês da tradução King James. Se Ele não falasse dessa maneira eu pensaria que não era Deus.

No meu espírito eu ouvia o Senhor dizendo assim: “Assim diz o Senhor...” Então eu falava alto aquela declaração, e então o resto da profecia continuava. Mas hoje, Deus profetiza através de mim por revelação. Primeiro Ele me alerta do que Ele quer profetizar, então Ele despeja uma revelação inteira e me deixa escolher as minhas próprias palavras para explicar aquela revelação.

Eu me lembro do dia quando Ele quebrou os limites da minha percepção que todas as profecias de Deus vinham em Inglês da tradução King James. Ele me perguntou, “Filho, poderia um japonês profetizar em inglês através da tradução King James?” Eu fiquei pensando naquilo e vi que era impossível. Foi então quando eu percebi que Deus se comunicaria com um crente em qualquer que fosse o idioma em que ele pensasse.

O QUARTO jeito que Deus se comunica conosco é através de VISÂO. O mais dramático tipo de visão que tem é a visão aberta. Esta é quando tudo desaparece da sua frente e é trocado pelo o que você está vendo na região do Espírito. Pessoalmente, eu tive apenas três ou quatro dessas visões em todos esses anos.

Mas, a visão mais comum é aquela que Deus põe em seu espírito como se tivesse pintado um quadro. Assim que você se tornar mais familiarizado com esse canal no qual Deus se comunica com você, vai ser difícil perder esse tipo de visão. Ele irá, literalmente, materializar uma figura, um quadro, bem dentro do seu espírito, lá no fundo, então ele irá passar aquilo para sua mente natural.

Quando isto acontece comigo, muitas das vezes, eu estou debaixo de uma tremenda unção de Deus, mas mesmo assim com consciência plena da região física. Eu poderia estar olhando diretamente para uma pessoa, e de repente, Deus pinta um quadro sobre aquela pessoa em meu espírito, se manifestando através da palavra de sabedoria.

Por exemplo, eu estou lá em pé diante de alguém, e de repente poderia se materializar em meu espírito um coração com uma válvula preta. Eu sei então que Deus quer realizar um milagre no coração daquela pessoa, especificamente em uma daquelas válvulas daquele coração. Ou algumas vezes, o diagnóstico do médico irá se materializar na minha frente enquanto eu estou ministrando a uma pessoa doente, e eu irei ler aquele diagnóstico no qual o médico disse sobre os problemas físicos daquela pessoa.

Outras vezes, eu estou testemunhando para alguém, e um quadro é materializado dentro de mim mostrando que não tem nada a ver com o que eu estou falando. Por exemplo, uma vez eu estava querendo que uma mulher se tornasse salva, mas ela se mostrava muito indiferente. Eu disse a ela,”De fato, você precisa ser salva”.

“Hum, hum”.
“Você precisa conhecer Jesus”.

“Ah! Está certo”.

“Você quer receber Jesus como seu Salvador?”

“Ah sim, com certeza”.

De repente, eu vi em meu espírito um guarda-louça vazio e uma cama sem lençol e sem colchão. Foi isso, então soube como ajudá-la! Imediatamente eu era capaz de ministrar especificamente para a condição de sua vida tão machucada pela pobreza e conduzi-la ao Senhor.

Este tipo de visão pode também acontecer mesmo quando você não está sob uma unção. Contudo, neste caso é mais difícil de dizer a diferença entre o tipo de visão que a sua mente produz e a manifestação de uma visão, que ocorre num nível bem profundo dentro de você.

Algumas vezes Deus me surpreendeu mostrando-me pequenas coisas que eu deveria saber. Por exemplo, uma vez Ele me mostrou aonde eu tinha perdido a minha carteira.

Eu tinha acabado de voltar de uma viagem e estava descarregando a minha bolsa de mão do carro, quando sem perceber, a minha carteira caiu do bolso da minha calça dentro desta bolsa que estava com o zíper aberto. Eu a fechei e a coloquei dentro do closet. Mais tarde comecei a procurar pela minha carteira.

Então eu procurei, procurei e procurei a tal carteira perdida. Finalmente eu parei de procurar e orei por alguns momentos pela carteira perdida – então imediatamente Deus me deu uma visão. Na visão eu vi a bolsa parcialmente aberta. Então eu olhei dentro dela e lá estava a minha carteira!

Eu corri para o closet e peguei a bolsa. Quando eu a abri e vi a carteira lá, eu desejei ter orado por aquilo três horas antes!

Outra vez foi com a chave do carro que meu filho havia perdido. Eu orei e pedi para o Senhor ajudar-nos a achar a chave perdida. De repente tive uma visão materializada dentro de mim, onde vi a chave sobre a máquina de refrigerante localizada no mesmo prédio onde nós estávamos. Meu filho tinha deixado a chave lá no momento em ele estava comprando uma lata de soda. Eu disse a ele, “Olha, vai lá e veja em cima da máquina de refrigerante”. Ele foi e com toda certeza a chave estava lá!

Então vamos ver um pouco mais adiante sobre ouvir a voz de Deus. O tempo todo as pessoas estão me perguntando, “Qual é a coisa que eu mais preciso para ouvir a voz de Deus?”

E eu sempre respondo, “ A paz de Deus – pois se você não desenvolver a sua habilidade de viver na paz de Deus, você nunca conseguirá discernir o testemunho interior”.

Pense nisso – se você estiver se sentindo com problemas o tempo todo, como Deus irá se comunicar com você? Como Ele poderá lhe dar um testemunho interior com a paz para você ir para certa direção se você constantemente está atormentado? Como Ele poderá falar para você o jeito certo que você tem que fazer para superar uma situação difícil sendo que você está vivendo em completo medo de seguir a direção de Deus? Se você estiver totalmente convencido da sua destruição, como Deus poderá lhe mostrar dentro de você como sair daquela situação e ficar livre do seu problema? Esta é então a maneira mais poderosa de promover a habilidade para ouvir a voz de Deus, desenvolvendo constantemente o hábito de viver na divina paz.

Agora vamos ver o papel da oração em línguas quando vem para ouvir Deus. Em primeira Coríntios 14:14 diz, Porque se eu orar em outras línguas, o meu espírito ora de fato, mas a minha mente fica infrutífera. Então em Isaías 28, Deus diz, Pelo que por lábios gaguejantes e por língua estranha falará o Senhor a este povo, ao qual ele disse, Este é o descanso, daí descanso ao cansado, e ESTE É O REFRIGÉRIO...

O Espírito Santo estava testificando em Isaías 28 que um dia os homens nasceriam de novo e o Espírito de Deus viria habitar no espírito deles. Seria então naquele tempo onde o povo de Deus seria capaz de entrar no “descanso” falado pelo profeta através da oração em línguas.

Quando você ora bastante em línguas, Deus irá trazer aquele descanso sobrenatural e passará a dominar toda a sua alma. Então Ele será capaz de se comunicar com você num nível em que você irá vencer tudo para o resto de sua vida.

Agora me siga atentamente para isso. Na primeira Coríntios 14:14, Paulo diz que se eu orar em outras línguas, será o meu espírito que ora, mesmo que o nosso entendimento mental seja infrutífero. Veja isso, “o espírito” aqui não está em letra maiúscula porque neste verso Paulo estava falando do espírito humano, e não do Espírito Santo.

Paulo estava dizendo isto: Quando eu, Dave Roberson, oro em outras línguas, é literalmente o meu espírito que está orando. Mas por ser eu o que está orando – o Espírito Santo em primeiro lugar tem que me mostrar algum jeito como transferir a linguagem Dele que é sobrenatural para mim. Ele faz isso criando esta linguagem desconhecida dentro de mim.

Anos atrás Deus me deu uma daquelas visões interiores para me mostrar como Ele faz aquilo. Naquela visão, eu vi como o Espírito Santo traz essa linguagem desconhecida na minha mente espiritual (a qual é parte do meu homem espiritual). E aquilo fez sentido pelas vezes quando eu ouvi a voz de Deus. Parecia que vinha de algo muito profundo e entrava em minha mente natural. Eu tinha absoluto senso de que a voz de Deus não provinha da minha mente, de preferência ela vinha PARA a minha mente.

Então eu queria adivinhar, da onde vem a voz de Deus quando eu A ouço? Veja você que eu queria ouvir a voz de Deus com mais exatidão, eu queria mesmo descobrir como localizar o canal através do qual Ele fala para que eu pudesse monitorar e ouvi-Lo a qualquer hora que eu quisesse.

Hoje eu sei localizar esse canal. Eu sei a origem da voz de Deus dentro de mim. Eu sei da onde aquelas visões vem quando elas explodem em minha mente. Eu sei aonde Ele se comunica comigo dando-me revelação. Todos os métodos de comunicação do Espírito Santo vêm do mesmo lugar dentro de mim.

Irmão Roberson onde fica isso? Você poderia me perguntar. “De onde vem a voz de Deus?”.

Ela vem do lugar dentro do seu espírito onde o Espírito Santo cria aquelas línguas. Ele tem que transferir as línguas para você porque é o seu espírito que faz a oração. De algum modo Ele tem que depositar aquela linguagem sobrenatural dentro do seu espírito.

“Por que Ele faz isso?”.

A razão é simples – é requerido uma divina transferência de autoridade. Para que a sua autoridade esteja em operação quando você ora em línguas, o Espírito Santo não pode ser o único a fazer a oração. Ele tem que transferir a linguagem sobrenatural a você para garantir que você é quem está orando com sua própria autoridade e também que são os outros dois membros da Santíssima Trindade que estão respondendo a oração.

Assim, Um dos membros da Trindade de Deus cria perfeitamente a oração para você através da mente de Cristo, e os outros dois membros da Trindade de Deus respondem a oração. Deus está orando por você, e Deus está respondendo a sua oração. Então por qual razão você está falhando em alguma área da sua vida?

Bem, por uma razão, você precisa aprender a viver na paz de Deus. Talvez você esteja pensando, Bem, eu estou orando bastante em línguas, então Deus irá mover tudo fora do meu caminho. Ah Sim! Mas, talvez o maior obstáculo da sua vida seja V O C Ê! Ou, você pode estar orando, “Senhor, ensina-me a oração que muda todas as coisas”. Mas, e se é você a coisa que mais precisa ser mudada em sua vida?

Entendeu? Porque nós somos criaturinhas carnais, nós queremos ter nosso bolo e comê-lo também! Em outras palavras, as nossas atitudes podem ser resumidas freqüentemente desse jeito: Deus, você não poderia me deixar aqui em paz e mudar todas as outras pessoas?

Então o Espírito Santo transfere Sua linguagem sobrenatural para o seu espírito porque você é o único que tem a autoridade. Ele mesmo tem que ter a sua permissão para orar para você porque você é o único que tem a autoridade.

Alguns anos atrás eu tive uma dramática experiência com Deus na qual a manifestação da Sua Presença esteve em mim por uma hora e meia. Eu vou te dizer uma coisa – foi uma outra lição de autoridade! Durante aquela experiência espiritual, o Senhor disse, “Filho, você é o único que tem a autoridade aqui, mas Eu sou o ÚNICO que tem o poder! É por isso que Eu preciso da sua autorização para orar para você, e certamente é por isso que você precisa de Mim!”.

Ele continuou, “Eu preciso da autoridade que você tem para operar nessa terra. Mas Eu tenho os milagres e o Poder que você precisa. Quando o dia vier em que nós estivermos em perfeita comunhão, você simplesmente verá o que Eu posso fazer em sua vida!”.

Quando o Espírito Santo transfere aquela língua sobrenatural para o seu espírito, a mente toda de Cristo é depositada em você. Veja você, o Espírito Santo foi autorizado a orar a mente toda de Cristo, mas Ele mesmo assim necessita da sua autorização para tal. Isto é o que acontece quando você diz, “Humm – Eu acho que vou orar!”. Então você começa a orar em outras línguas. Você simplesmente deu ao Céu a autorização para criar aquela oração no seu espírito para que você possa orar a mente de Cristo!

Não pare agora, porque você está um passo mais perto daquela busca de ouvir mais claro a voz de Deus. Você está aprendendo como abrir o canal através do qual Deus fala para você. Então permaneça orando MUITO no Espírito Santo!

Seu amigo e colaborador – DAVE ROBERSON

AGORA SOU EU QUE PRECISO DE SUA AJUDA.
AQUÍ HA 2 MANEIRAS EM QUE VOCE PODE ME AJUDAR:

1– POR FAVOR VISITE MEU BLOG http://oracaoemlinguas.blogspot.com.br/ E VISITE (CLIQUE) OS ANUNCIOS DO GOOGLE QUE APARECEM NA BARRA LATERAL. FAZENDO ISSO VOCE ESTARA AJUDANDO-ME A CONTINUAR ESTE MINISTERIO.
2- PRECISO LEVANTAR UMA CONSIDERAVEL QUANTIA $$$$ PARA PUBLICAR UM LIVRO : “Milagres Financeiros
DEPOSITO BANCARIO A NOME DE : Ariston V C Junior
BANCO: ITAU
AGENCIA: 8260
CONTA Corrente:23926-7
CIDADE: Caruaru

SUA OFERTA E INVESTIMENTO NO REINO DE DEUS E
ELE CERTAMENTE ABENCOARA SUAS FINANCAS.
QUE DEUS O ABENCOE!




ESTRUTURA DE MAMON

ESTRUTURA DE MAMON
Ap. Fernando Guillen –
Mt 6.19

O mundo espiritual é um mundo de estruturas, tudo é estabelecido através de planos e modelos.

Esta é uma tarde de restituição financeira em nossas vidas.

Antes de entender as finanças precisamos entender as estruturas. Jesus nos coloca diante de uma escolha afim de explicar a estrutura das finanças.

Ef 2 – Nossa luta não é contra carne ou sangue, mas contra principados…
2Co 10.4 – nossas armas não são carnais, mas espirituais…
A batalha das finanças não é carnal, mas espiritual.

Quando falamos de MAMON, falamos de um Principado
Principado = Arke (grego) Sigifica primeiro dentro de uma Hierarquia.
Trazem origem sobre duas palavras: Arquiteto e Arquético
Principados são Arquitetos, construtores espirituais que constroem Arquéticos ou planos de iniqüidade. Para governo.
Não se governa sem estrutura.
Quebrar Mamon é fundamental para experimentar uma novidade na área financeira.

Uma das manifestações da Glória do Senhor é a da sobreabundância. Deus nos chamou para experimentar Sobreabundância.

Como experimentar?
Primeiro Jesus traz a revelação da paternidade do Senhor e depois expõe a estrutura de governo de Mamon.
Vv.21 – onde estiver sua riqueza ali está o seu coração.
Falar das finanças é falar do coração das pessoas.
Onde estiverem as tuas riquezas, ali também estará o teu coração.
Hoje nosso coração será exposto.

A religiosidade tem invertido esta passagem, dizem: onde estiver teu coração ali estará as tuas riquezas, mas e o contrário.
Vv22. – o olho é a lampada do corpo…
Toda esta parte da escritura está denunciando a estrutura de Mamon, todas as palavras são direcionadas para esta verdade.
Diz que toda a estrutura depende dos olhos.
Olhos bons = generoso
Olhos maus = avarento
A tua generosidade denota a quantidade de luz que você tem, mas se você for avarento está cheio de escuridão, tem os olhos maus, isto porque estarás dentro da estrutura de Mamon.

“Ninguém pode ser escravo de dois senhores”
Observe como está colocada a estrutura das trevas frente à luz.
Não podemos ser escravos de dois senhores.
A palavra senhor é a mesma usada para denotar o senhorio de Jesus, KURIOS = autoridade superior, a quem se deve todas as coisas.
Senão vamos amar a um e aborrecer o outro.
Não há um termo intermediário quanto ao serviço de um ou outro.
Termina falando: Você não pode servir Jesus e às riquezas (MAMONIAS = Entidade relacionada às riquezas)

Jesus e Mamon se encontram na mesma hierarquia? NÃO
Jesus está acima de todo principado ou potestade. Principados são criaturas que se rebelaram contra o criador.
Quando damos o título de senhor para Mamon estamos colocando o principado no nível de Jesus.
O único lugar onde Jesus e Mamon podem estar no mesmo nível é no coração do Homem.
Hoje é um dia onde você vai precisar decidir qual estrutura você vai servir. Se vai caminhar na Luz ou nas Trevas.

Pensamos que nada temos a ver com Mamon.
Jesus e Mamon… Em nosso coração eles podem estar no mesmo nível, porém nas regiões espirituais Ele (Jesus) está acima de todos.
A estrutura espiritual deste principado abrange muitas outras áreas de atuação.

2 Co 10 – Fortalezas = Ojuramah = Castelo Forte, lugar fortificado.
São fortalezas destinadas a prender nosso destino profético.
Gn 14: 1-24
Abrão se envolve em uma batalha por causa do sobrinho que foi preso e levado cativo.
Sua intenção era trazer de volta Ló, as riquezas e as mulheres que foram presos.
O Rei de Sodoma tipifica Mamon e o Rei de Salém, Melquisedeque, representa Jesus.
Abrão precisava escolher entre o Rei de Sodoma e o Rei de Salém.

Na batalha aqueles 9 reis envolvidos haviam levado cativo sua família.
Há pessoas que não entram em batalha espiritual para não entrar em conflito com satanás.
Nesse conflito não há posição neutra. Desde o dia em que nos convertemos travamos a guerra.

Abrão entrou na batalha porque tinha mentalidade de expansão.
Nunca poderás lutar se não tiver mentalidade de expansão. Precisamos decidir crescer ou vamos viver na pobreza.
Se não tiver mentalidade de expansão nunca vai prosperar.

Este não era um conflito que o atingia diretamente.
Mas atingia o território que havia sido dado a Abrão por herança.
Cananeus = Mercador = relacionado com as riquezas.
Ter mentalidade de expansão é requerer o território que Deus nos deu.
Vamos ter que batalhar para ter uma nova dimensão de prosperidade.

Não terei segurança no dia de amanhã se não trabalhar o tempo presente. Se eu não me envolver hoje no conflito espiritual não terei esperança no dia de amanhã.
Caná era de Abrão, mas haviam nove reis. Precisamos sair da defensiva para a ofensiva. Vamos tomar a herança pela força.
É o tempo dos violentos tomarem suas heranças.
Deus quer que você entenda o seu melhor.

Mamon é um arquiteto que estabelece 9 fortalezas, aqui, representadas pelos 9 reis.
Depois da batalha, Abrão teve um encontro com os dois Reis. Sodoma e Melquisedeque.

>>>9 Fortalezas
1. Anrafel = significa Aquele que divide com suas palavras, o que quebra um pacto, falador de palavras fortes, separar com palavras.
Não viveremos a prosperidade se não derrubarmos a fortaleza de falar errado.
A primeira coisas que precisamos é mudar a forma de falar.
Enquanto murmuramos, forcamos, falamos coisas negativas, nunca prosperaremos. A prosperidade está em nossa boca.
“estou morto de cansasso”, “morto de fome”, m”morrendo de saudades”, “ahhh, não vai dar certo…”
Nossas palavras nos prendem.
decretamos que tem tudo prosperaremos, fomos chamados a viver de glória em glória, se uma porta de fechar outras sete se abrirão, minha herança foi decretada para prosperar.
Em nossa boca mora o poder de prosperar. Palavras estabelecem conexão com o mundo espiritual.
Para acessar as riquezas teremos que aprender a falar luz.

2. Arioque = significa sem misericórdia, cheio de violência, leão verde ou amarelado.
Esta é a área da ira. Se temos ira em nossas vidas estamos sendo roubados em nossa prosperidade.
Quando temos momentos de ira, o fígado libera uma substancia de cor amarelada/verde (bílis).
O senhor nos deus um espírito de domínio próprio. Mas tem pessoas que tem um demônio próprio.
Quando iramos acabamos de perder nossa prosperidade.
Cheios de violência e ira nunca vão prosperar.
Violentos até no pensar sobre o irmão.

3. Quedorlaomer = significa servo da leoa, pertencente ao conquistador.
Servo da Leoa é uma deidade da área sexual. A perversão sexual rouba as finanças.
Aquele que está preso na perversão sexual. pornografia, masturbação, prisões sexuais.
Não adianta primiciar, dizimar e ofertar com estas brechas.
Deus quer liberar um novo destino financeiro. A perversão sexual rouba as finanças.

4. Tidal = significa medo, terror, semente malvada.
O medo é um inimigo das finanças. O medo rouba as finanças. Este é um tempo de EMPREENDER.
Deus está liberando idéias criativas para prosperarmos. A igreja precisa mudar sua mente religiosa, a oração não resolve todas as coisas.
Deus nos dá poder para fazer riquezas. Ele nos dá idéias criativas para prosperar.
Vamos orar e jejuar o tempo todo e vamos morrer pobres se não trabalharmos as idéias criativas de Deus.
É tempo de empreender.
Fé é confiança, estamos vivendo uma batalha de confiança. Abraão era o pai da Fé.
Deus é o nosso provedor.
“tudo o que o inimigo tem arquitetado pelo medo e terror, Deus vai quebrar agora e vamos experimentar liberdade”.
Se não entendermos a paternidade de Deus vamos temer. Quem tem Pai não teme. Quem está preso na orfandade nunca vai colher.
Poucas pessoas chamam deus de Pai. A oração da igreja é Senhor Onipotente, Criador dos Céus e da terra…
Enquanto não tivermos essa mentalidade vamos morrer na escravidão.
Ás vezes a igreja está presa porque não sabe pedir ao Pai.
Imagine você, pai, levando seu filho na melhor sorveteria da cidade. E diz para o filho: escolha o melhor sorvete. E seu filho diz: seja feita a tua vontade. isto é o que fazemos. Precisamos aprender a escolher a benção. Deus é Pai.
Escolha algo, escolha o melhor sem remorso, porque o Pai nos deu o melhor.
Nos conformamos com qualquer coisa por causa da mentalidade órfã.
O Pai quer te dar o melhor.

5. Bera = significa dádiva ou bem que traz corrupção.
Ela se expressa na cobiça, avareza. Termos comuns “mão de vaca”, “pão duro”.
Quem não dá não prospera.
Eminah = ciclo profético completo. Se Deus fala cria um Eminah, ou seja, Ele completa tudo o que fala.
Se Deus falou, vai se cumprir.
Quem acha que está poupando não doando, na verdade está perdendo.
O que Deus não te falou para poupar, não deve ser poupado.

6. Birsa = significa maldade que se expressa, maldade descarada.
Está ligado à pessoas que tem uma aparência, mas são outra coisa e, num determinado momento, sua realidade aparece.
Quais as suas motivações do coração?
A hipocrisia tira a prosperidade.
A hora de se expressar vai aparecer e você vai mostrar as garras.
Temos que caminhar na luz.

7. Sinabe = significa inimizade, contenda, briga.
“Se bob briga com todo mundo, o problema é Bob”.
Pessoas que brigam com todo mundo.

8. Semeber = significa altivo, aquele que mora nos lugares altos (orgulho, soberba, teimosia).
Teimosos não prosperam, orgulhosos perdem a prosperidade.
Pessoas difíceis de aceitar conselhos não prosperam.

9. Bela = significa consumando a iniquidade, a maldade.
Pessoas que correm para fazer a maldade.
Pessoas que, na primeira oportunidade, fazem o errado.
Pessoas que não cuidam da santidade do Senhor.


Gn 14.17 – após voltar de ferir Quedorlaomer e aos reis que estavam com ele, saiu-lhe ao encontro o rei de Sodoma no vale de Savé, que é o vale do rei. 18 melquisedeque, rei de Salém, trouxe pão e vinho; era sacerdote do Deus Altíssimo.
Após vencer Mamon vai se apresentar.
Após vencermos isso surgirão oportunidades financeiras muito grandes, mas podem ser ofertas de Mamon.
Também se apresentará Jesus.
nem toda porta que se abre é Jesus, Mamon também vai se apresentar.

Abrão esteve diante de uma porta, uma escolha final.
Agora temos que decidir se o Rei de Sodomo ou o Rei de Salém.

Pão e Vinho, sustento, sobrenatural e alegria
Mamon vai apresentar somente dinheiro.
Tem pessoas tão pobres que o único que tem é dinheiro. Ter dinheiro não traz alegria.
Mamon também não vai dar benção para criar riquezas.

Abrão decidiu por melquisedeque. Como?
Ele dá os dízimos de tudo o que tinha. Confirmou o pacto.
Vv 21. Mamon tentou trocar. Sem provisão, sem sobrenatural e sem alegria futura.

Deus o fez fazedor de riquezas.
Deus nos convida a afetar nossas gerações através do pacto com o Senhor.
AGORA SOU EU QUE PRECISO DE SUA AJUDA.
AQUÍ HA 2 MANEIRAS EM QUE VOCE PODE ME AJUDAR:

1– POR FAVOR VISITE MEU BLOG http://oracaoemlinguas.blogspot.com.br/ E VISITE (CLIQUE) OS ANUNCIOS DO GOOGLE QUE APARECEM NA BARRA LATERAL. FAZENDO ISSO VOCE ESTARA AJUDANDO-ME A CONTINUAR ESTE MINISTERIO.
2- PRECISO LEVANTAR UMA CONSIDERAVEL QUANTIA $$$$ PARA PUBLICAR UM LIVRO : “Milagres Financeiros
DEPOSITO BANCARIO A NOME DE : Ariston V C Junior
BANCO: ITAU
AGENCIA: 8260
CONTA Corrente:23926-7
CIDADE: Caruaru

SUA OFERTA E INVESTIMENTO NO REINO DE DEUS E
ELE CERTAMENTE ABENCOARA SUAS FINANCAS.
QUE DEUS O ABENCOE!
http://pastor-ariston.blogspot.com.br/

quarta-feira, 28 de março de 2012

DAVE ROBERSON

DAVE ROBERSON

Setembro 2001


Querido amigo,


Aqui vão algumas boas notícias: Todo filho de Deus tem direto acesso ao Pai Celestial. Tanto faz se tal pessoa é chamada para ser um apóstolo todo poderoso ou simplesmente o “Sr. José” qualquer, todas as pessoas têm o direito de ouvir a voz de Deus.

De fato, Deus disse que debaixo da Nova Aliança, não seria como na Antiga Aliança, quando os homens ensinavam outros homens para conhecerem o Deus deles através de ordenanças, preceitos, dias santos, e os Sábados. Agora, em vez disso, todos os que são nascidos de novo recebem a natureza de Deus e então irão conhecê-Lo por si mesmos – do menor ao maior, desde a Mariazinha até a Primeira Dama!

“Não ensinará jamais cada um ao seu próximo, nem cada uma ao seu irmão, dizendo: Conhece ao Senhor, porque todos me conhecerão, desde o menor até ao maior deles, diz o Senhor. Pois perdoarei as suas iniqüidades e dos seus pecados jamais me lembrarei”. JEREMIAS 31:34

A voz de Deus não está apenas reservada para poucos pregadores como William Branham, que costumava operar profundamente com a palavra de conhecimento, mesmo dizendo às pessoas através do Espírito detalhes como o nome delas e seus endereços. A voz de Deus está totalmente disponível para TODOS OS SEUS FILHOS – não apenas para o propósito de um ministério, mas também para guiar a todos os cuidados da vida. Todos os crentes precisam aprender como o Espírito Santo se comunica com eles, bastando apenas desenvolver seus ouvidos espirituais, para ouvi-Lo.

Deus se comunica conosco em quatro tipos básicos. O primeiro jeito e o mais comum é O TESTEMUNHO INTERIOR. Este método de comunicação basicamente envolve uma, de duas coisas: tanto um senso de paz interior que nos indica “vá em frente” em uma determinada situação ou o que é sempre chamado “dar uma checada em nosso espírito”. Segundo, Deus se comunica através de REVELAÇÃO. Este é o jeito mais efetivo que Ele usa para se comunicar.

O testemunho interior lhe dá uma direção geral em sua vida. Parece que você já sabe dentro de você o que é para fazer, “Ah sim!, já sei é para eu fazer isso mesmo” ou “Não, não! Eu estou para fazer alguma coisa que eu não deveria fazer”. Mas quando Deus se comunica com você através de revelação, é o equivalente de se compreender uma revelação global no espírito “como o chip de um computador”; então é enviado pelo Espírito Santo para o seu espírito, aonde todo o conteúdo é liberado de uma só vez. Há poucos momentos atrás você era apenas um simples computador que não tinha nada em seu “disco rígido” com relação àquela revelação. Mas de repente o Espírito Santo faz o ‘download’ para o disco rígido do computador e libera um programa inteiro contendo sabedoria de revelação dentro de você, e você percebe, AGORA EU SEI TUDO SOBRE ESSE ASSUNTO!

Deus tem o máximo prazer de se comunicar com o seu espírito humano através de revelação porque Ele pode por uma revelação inteira dentro do seu espírito em uma fração de segundo. Subitamente você acaba de entender tudo.

Por muitas vezes eu já recebi uma revelação inteira em menos de um segundo. Deus simplesmente fez o ‘download’ em meu espírito, e então eu levei três meses para pregar o que eu recebi.

Deus não reservou esta experiência somente para os pregadores. Por exemplo, se uma pessoa possui um negócio, Deus pode fortalecê-lo em um milésimo de segundo através deste jeito de revelação. Naquele minúsculo espaço de tempo, Ele pode mostrar para aquela pessoa o que ele precisa fazer para ganhar um milhão de dólares num espaço, de apenas, um ano.

A questão é, Deus pode se comunicar com você daquele jeito? Mais para frente eu vou falar com você como se posicionar para ouvir de Deus através de revelação orando em línguas. Mas primeiro vamos olhar o TERCEIRO JEITO que Deus usa para se comunicar com você: através de SUA PRÓPRIA LÍNGUA NATIVA – isto é, na língua (vernáculo) em que você pensa.

Há muito tempo atrás, quando Deus profetizava através de mim ou falava comigo, Ele sempre falava comigo perfeitamente em Inglês da tradução King James. Se Ele não falasse dessa maneira eu pensaria que não era Deus.

No meu espírito eu ouvia o Senhor dizendo assim: “Assim diz o Senhor...” Então eu falava alto aquela declaração, e então o resto da profecia continuava. Mas hoje, Deus profetiza através de mim por revelação. Primeiro Ele me alerta do que Ele quer profetizar, então Ele despeja uma revelação inteira e me deixa escolher as minhas próprias palavras para explicar aquela revelação.

Eu me lembro do dia quando Ele quebrou os limites da minha percepção que todas as profecias de Deus vinham em Inglês da tradução King James. Ele me perguntou, “Filho, poderia um japonês profetizar em inglês através da tradução King James?” Eu fiquei pensando naquilo e vi que era impossível. Foi então quando eu percebi que Deus se comunicaria com um crente em qualquer que fosse o idioma em que ele pensasse.

O QUARTO jeito que Deus se comunica conosco é através de VISÂO. O mais dramático tipo de visão que tem é a visão aberta. Esta é quando tudo desaparece da sua frente e é trocado pelo o que você está vendo na região do Espírito. Pessoalmente, eu tive apenas três ou quatro dessas visões em todos esses anos.

Mas, a visão mais comum é aquela que Deus põe em seu espírito como se tivesse pintado um quadro. Assim que você se tornar mais familiarizado com esse canal no qual Deus se comunica com você, vai ser difícil perder esse tipo de visão. Ele irá, literalmente, materializar uma figura, um quadro, bem dentro do seu espírito, lá no fundo, então ele irá passar aquilo para sua mente natural.

Quando isto acontece comigo, muitas das vezes, eu estou debaixo de uma tremenda unção de Deus, mas mesmo assim com consciência plena da região física. Eu poderia estar olhando diretamente para uma pessoa, e de repente, Deus pinta um quadro sobre aquela pessoa em meu espírito, se manifestando através da palavra de sabedoria.

Por exemplo, eu estou lá em pé diante de alguém, e de repente poderia se materializar em meu espírito um coração com uma válvula preta. Eu sei então que Deus quer realizar um milagre no coração daquela pessoa, especificamente em uma daquelas válvulas daquele coração. Ou algumas vezes, o diagnóstico do médico irá se materializar na minha frente enquanto eu estou ministrando a uma pessoa doente, e eu irei ler aquele diagnóstico no qual o médico disse sobre os problemas físicos daquela pessoa.

Outras vezes, eu estou testemunhando para alguém, e um quadro é materializado dentro de mim mostrando que não tem nada a ver com o que eu estou falando. Por exemplo, uma vez eu estava querendo que uma mulher se tornasse salva, mas ela se mostrava muito indiferente. Eu disse a ela,”De fato, você precisa ser salva”.

“Hum, hum”.
“Você precisa conhecer Jesus”.

“Ah! Está certo”.

“Você quer receber Jesus como seu Salvador?”

“Ah sim, com certeza”.

De repente, eu vi em meu espírito um guarda-louça vazio e uma cama sem lençol e sem colchão. Foi isso, então soube como ajudá-la! Imediatamente eu era capaz de ministrar especificamente para a condição de sua vida tão machucada pela pobreza e conduzi-la ao Senhor.

Este tipo de visão pode também acontecer mesmo quando você não está sob uma unção. Contudo, neste caso é mais difícil de dizer a diferença entre o tipo de visão que a sua mente produz e a manifestação de uma visão, que ocorre num nível bem profundo dentro de você.

Algumas vezes Deus me surpreendeu mostrando-me pequenas coisas que eu deveria saber. Por exemplo, uma vez Ele me mostrou aonde eu tinha perdido a minha carteira.

Eu tinha acabado de voltar de uma viagem e estava descarregando a minha bolsa de mão do carro, quando sem perceber, a minha carteira caiu do bolso da minha calça dentro desta bolsa que estava com o zíper aberto. Eu a fechei e a coloquei dentro do closet. Mais tarde comecei a procurar pela minha carteira.

Então eu procurei, procurei e procurei a tal carteira perdida. Finalmente eu parei de procurar e orei por alguns momentos pela carteira perdida – então imediatamente Deus me deu uma visão. Na visão eu vi a bolsa parcialmente aberta. Então eu olhei dentro dela e lá estava a minha carteira!

Eu corri para o closet e peguei a bolsa. Quando eu a abri e vi a carteira lá, eu desejei ter orado por aquilo três horas antes!

Outra vez foi com a chave do carro que meu filho havia perdido. Eu orei e pedi para o Senhor ajudar-nos a achar a chave perdida. De repente tive uma visão materializada dentro de mim, onde vi a chave sobre a máquina de refrigerante localizada no mesmo prédio onde nós estávamos. Meu filho tinha deixado a chave lá no momento em ele estava comprando uma lata de soda. Eu disse a ele, “Olha, vai lá e veja em cima da máquina de refrigerante”. Ele foi e com toda certeza a chave estava lá!

Então vamos ver um pouco mais adiante sobre ouvir a voz de Deus. O tempo todo as pessoas estão me perguntando, “Qual é a coisa que eu mais preciso para ouvir a voz de Deus?”

E eu sempre respondo, “ A paz de Deus – pois se você não desenvolver a sua habilidade de viver na paz de Deus, você nunca conseguirá discernir o testemunho interior”.

Pense nisso – se você estiver se sentindo com problemas o tempo todo, como Deus irá se comunicar com você? Como Ele poderá lhe dar um testemunho interior com a paz para você ir para certa direção se você constantemente está atormentado? Como Ele poderá falar para você o jeito certo que você tem que fazer para superar uma situação difícil sendo que você está vivendo em completo medo de seguir a direção de Deus? Se você estiver totalmente convencido da sua destruição, como Deus poderá lhe mostrar dentro de você como sair daquela situação e ficar livre do seu problema? Esta é então a maneira mais poderosa de promover a habilidade para ouvir a voz de Deus, desenvolvendo constantemente o hábito de viver na divina paz.

Agora vamos ver o papel da oração em línguas quando vem para ouvir Deus. Em primeira Coríntios 14:14 diz, Porque se eu orar em outras línguas, o meu espírito ora de fato, mas a minha mente fica infrutífera. Então em Isaías 28, Deus diz, Pelo que por lábios gaguejantes e por língua estranha falará o Senhor a este povo, ao qual ele disse, Este é o descanso, daí descanso ao cansado, e ESTE É O REFRIGÉRIO...

O Espírito Santo estava testificando em Isaías 28 que um dia os homens nasceriam de novo e o Espírito de Deus viria habitar no espírito deles. Seria então naquele tempo onde o povo de Deus seria capaz de entrar no “descanso” falado pelo profeta através da oração em línguas.

Quando você ora bastante em línguas, Deus irá trazer aquele descanso sobrenatural e passará a dominar toda a sua alma. Então Ele será capaz de se comunicar com você num nível em que você irá vencer tudo para o resto de sua vida.

Agora me siga atentamente para isso. Na primeira Coríntios 14:14, Paulo diz que se eu orar em outras línguas, será o meu espírito que ora, mesmo que o nosso entendimento mental seja infrutífero. Veja isso, “o espírito” aqui não está em letra maiúscula porque neste verso Paulo estava falando do espírito humano, e não do Espírito Santo.

Paulo estava dizendo isto: Quando eu, Dave Roberson, oro em outras línguas, é literalmente o meu espírito que está orando. Mas por ser eu o que está orando – o Espírito Santo em primeiro lugar tem que me mostrar algum jeito como transferir a linguagem Dele que é sobrenatural para mim. Ele faz isso criando esta linguagem desconhecida dentro de mim.

Anos atrás Deus me deu uma daquelas visões interiores para me mostrar como Ele faz aquilo. Naquela visão, eu vi como o Espírito Santo traz essa linguagem desconhecida na minha mente espiritual (a qual é parte do meu homem espiritual). E aquilo fez sentido pelas vezes quando eu ouvi a voz de Deus. Parecia que vinha de algo muito profundo e entrava em minha mente natural. Eu tinha absoluto senso de que a voz de Deus não provinha da minha mente, de preferência ela vinha PARA a minha mente.

Então eu queria adivinhar, da onde vem a voz de Deus quando eu A ouço? Veja você que eu queria ouvir a voz de Deus com mais exatidão, eu queria mesmo descobrir como localizar o canal através do qual Ele fala para que eu pudesse monitorar e ouvi-Lo a qualquer hora que eu quisesse.

Hoje eu sei localizar esse canal. Eu sei a origem da voz de Deus dentro de mim. Eu sei da onde aquelas visões vem quando elas explodem em minha mente. Eu sei aonde Ele se comunica comigo dando-me revelação. Todos os métodos de comunicação do Espírito Santo vêm do mesmo lugar dentro de mim.

Irmão Roberson onde fica isso? Você poderia me perguntar. “De onde vem a voz de Deus?”.

Ela vem do lugar dentro do seu espírito onde o Espírito Santo cria aquelas línguas. Ele tem que transferir as línguas para você porque é o seu espírito que faz a oração. De algum modo Ele tem que depositar aquela linguagem sobrenatural dentro do seu espírito.

“Por que Ele faz isso?”.

A razão é simples – é requerido uma divina transferência de autoridade. Para que a sua autoridade esteja em operação quando você ora em línguas, o Espírito Santo não pode ser o único a fazer a oração. Ele tem que transferir a linguagem sobrenatural a você para garantir que você é quem está orando com sua própria autoridade e também que são os outros dois membros da Santíssima Trindade que estão respondendo a oração.

Assim, Um dos membros da Trindade de Deus cria perfeitamente a oração para você através da mente de Cristo, e os outros dois membros da Trindade de Deus respondem a oração. Deus está orando por você, e Deus está respondendo a sua oração. Então por qual razão você está falhando em alguma área da sua vida?

Bem, por uma razão, você precisa aprender a viver na paz de Deus. Talvez você esteja pensando, Bem, eu estou orando bastante em línguas, então Deus irá mover tudo fora do meu caminho. Ah Sim! Mas, talvez o maior obstáculo da sua vida seja V O C Ê! Ou, você pode estar orando, “Senhor, ensina-me a oração que muda todas as coisas”. Mas, e se é você a coisa que mais precisa ser mudada em sua vida?

Entendeu? Porque nós somos criaturinhas carnais, nós queremos ter nosso bolo e comê-lo também! Em outras palavras, as nossas atitudes podem ser resumidas freqüentemente desse jeito: Deus, você não poderia me deixar aqui em paz e mudar todas as outras pessoas?

Então o Espírito Santo transfere Sua linguagem sobrenatural para o seu espírito porque você é o único que tem a autoridade. Ele mesmo tem que ter a sua permissão para orar para você porque você é o único que tem a autoridade.

Alguns anos atrás eu tive uma dramática experiência com Deus na qual a manifestação da Sua Presença esteve em mim por uma hora e meia. Eu vou te dizer uma coisa – foi uma outra lição de autoridade! Durante aquela experiência espiritual, o Senhor disse, “Filho, você é o único que tem a autoridade aqui, mas Eu sou o ÚNICO que tem o poder! É por isso que Eu preciso da sua autorização para orar para você, e certamente é por isso que você precisa de Mim!”.

Ele continuou, “Eu preciso da autoridade que você tem para operar nessa terra. Mas Eu tenho os milagres e o Poder que você precisa. Quando o dia vier em que nós estivermos em perfeita comunhão, você simplesmente verá o que Eu posso fazer em sua vida!”.

Quando o Espírito Santo transfere aquela língua sobrenatural para o seu espírito, a mente toda de Cristo é depositada em você. Veja você, o Espírito Santo foi autorizado a orar a mente toda de Cristo, mas Ele mesmo assim necessita da sua autorização para tal. Isto é o que acontece quando você diz, “Humm – Eu acho que vou orar!”. Então você começa a orar em outras línguas. Você simplesmente deu ao Céu a autorização para criar aquela oração no seu espírito para que você possa orar a mente de Cristo!

Não pare agora, porque você está um passo mais perto daquela busca de ouvir mais claro a voz de Deus. Você está aprendendo como abrir o canal através do qual Deus fala para você. Então permaneça orando MUITO no Espírito Santo!

Seu amigo e colaborador – DAVE ROBERSON

domingo, 25 de março de 2012

A Mente de Cristo

A Mente de Cristo

Condição dada pelo Espírito Santo ao cristão (na sua nova natureza) de ser, pensar, falar e agir, assim como Deus é, pensa, fala e faz. Há um lugar de descanso em Deus...Aleluia!
Deus me fala em toda a Sua Palavra, de descanso e paz; de um lugar de delícias e alegrias que é a Sua Presença. Como posso chegar lá?
"Mas FALAMOS a sabedoria de Deus, oculta em MISTÉRIO, a qual Deus ordenou antes dos séculos para nossa glória... mas Deus no-las revelou pelo seu Espírito; porque o Espírito penetra todas as coisas, ainda as profundezas de Deus. Porque qual dos homens sabe as coisas do homem, senão o espírito do homem, que nele está?
Assim também ninguém sabe as coisas de Deus, senão o Espírito de Deus... mas nós recebemos o Espírito que provém de Deus, para que pudéssemos conhecer o que nos é dado por Deus... as quais coisas também falamos, não com palavras de sabedoria humana, mas com as que o Espírito Santo ensina comparando as coisas espirituais com as espirituais.
Ora o homem natural não compreende as coisas do Espírito de Deus, porque lhe parecem loucura; e não pode entendê-las porque elas se discernem espiritualmente... porque quem conheceu a mente do Senhor, para que possa instruí-Lo? Mas nós temos a mente de Cristo. (I Coríntios, 2: 7-16)
... porque, os meus pensamentos não são os vossos pensamentos, nem os vossos caminhos, os meus caminhos... porque assim como os céus são mais altos do que a terra, assim são os meus caminhos mais altos do que os vossos caminhos, e os meus pensamentos mais altos do que os vossos pensamentos. (Isaías, 55: 8)
Porque é ele o que forma os montes, e cria o vento, e declara ao homem qual é o seu pensamento...(Amós, 4: 13)
... Mas não sabem os pensamentos do Senhor, nem entendem o seu conselho. (Miquéias, 4:12)
_________________
Hoje eu tenho essa resposta que eu tanto busquei e ninguém sabia me dizer. Como chegar ao recôndito da presença de Deus? Mas, o Senhor, na Sua fidelidade me respondeu, pois está escrito que todo aquele que pede, recebe; o que procura, acha; e ao que bate, abrir-se-lhe-á.
Eu busquei a Deus de todo o meu coração; com todas as minhas forças eu clamei por socorro, sem cessar, sem esmorecer, crendo que Ele existia e que me ouviria. Aleluia!
•Jeová, o Senhor, é minha força, e fará os meus pés como os das cervas, e me fará andar sobre as minhas alturas. ( Habacuque, 3: 19)
•Deixo-vos a paz, a minha paz vos dou; não vo-la dou como o mundo a dá. Não se turbe o vosso coração, nem se atemorize. (João, 14: 27)
•Tenho vos dito isto, para que em mim tenhais paz; no mundo tereis aflições, mas tende bom ânimo, eu venci o mundo”. (João, 16: 33)
•E a paz de Deus que excede todo o entendimento, guardará os vossos corações e os vossos sentimentos em Cristo Jesus. (Filipenses, 4: 7)
•Vinde a mim, todos os que estais cansados e oprimidos e eu vos aliviarei. Tomais sobre vós o meu jugo e aprendei de mim, que sou manso e humilde de coração e encontrareis descanso para as vossas almas. Porque o meu jugo é suave e o meu fardo é leve. ( Mateus, 11: 28-30 )

Desde que Ele mesmo me ensinou esse caminho, posso desfrutar da Sua vitória, da Sua paz e do Seu descanso. Nesse lugar eu posso dizer às circunstâncias que “cessem” e prosseguir em paz. Na Mente de Cristo, na Sua maneira de ser, onde não há dúvidas nem abalos, naquilo que Ele é, no recôndito do Seu Ser, está a paz!
E eu chego lá pela Oração no Espírito Santo! “Aquele que habita no esconderijo do Altíssimo, à sombra do Onipotente descansará”. (Salmo 91: 1) Pensar como Deus pensa, agir como Deus age, falar como Deus fala, é um comportamento que vem pelo Espírito Santo, à medida em que vou me entregando a Ele na oração em línguas estranhas. Porquanto o entendimento errado vai saindo e o certo vai entrando, conseqüentemente, o meu pensamento natural vai sendo substituído pelo pensamento certo, que é o pensamento de Deus.
... Ele fará os meus pés como os das cervas e me fará andar pelas minhas alturas. (Habacuque, 3, 19). “Andar nas minhas alturas” é olhar por cima dos acontecimentos, é viver acima das circunstâncias, ou seja, não olhar nem sentir o que está acontecendo aos meus olhos naturais e sim poder ver além, conforme DEUS Vê. É andar guiado por pensamentos certos, ter atitudes certas e palavras certas. É desfrutar da paz que Jesus me deixou; é não me deixar levar pelas circunstâncias que me vêm fazer oposição e sim, ter poder para mudá-las e dizer a elas que “cessem e não voltem mais”, sejam elas quais forem. Para mim, é isso que quer dizer o versículo “posso todas as coisas naquele que me fortalece”.
Quando Deus nos ordenou : “SEDE SANTOS” Ele estava falando sério, porquanto não é Deus de brincadeira, e nos deu toda a condição para isso, pois não nos ordenaria uma coisa impossível de se fazer.
Foi isso que Ele nos ordenou! Há um lugar em Deus, aonde isso acontece: a Mente de Cristo! Tendo a mente Dele influenciando direto na minha mente natural eu chego lá. Aprendendo a ser como Ele é.
Ser santo como Ele é santo, é pensar como Ele pensa; agir como Ele age; falar como Ele fala; é ser guiado por Ele, viver Nele, andar como Ele, é ter a maneira Dele, o jeito Dele, é ser UM com Ele.
E isso é possível através do caminho que Ele mesmo deixou, ou seja, A ESCRITURA SAGRADA quando me ensina sobre a prática constante do dom de falar línguas estranhas: “A Oração no Espírito Santo” !


Ler mais: http://ministeriomoes.webnode.com.br/ensinamentos/a-mente-de-cristo/


Edificando-vos na vossa fé santíssima

Edificando-vos na vossa fé santíssima
Quando o Espírito desceu sobre nós, ao recebermos o enchimento do Espírito Santo, Ele trouxe com Ele uma linguagem sobrenatural, a fim de que através da PRÁTICA dessa linguagem, pudéssemos nos edificar e crescer em Deus, na dimensão do Seu poder.

Existem algumas formas na manifestação desse dom (Por isso temos variedades de línguas); existem as línguas para nossa edificação pessoal; em segundo lugar, temos as línguas que se estendem para os gemidos intercessórios do Espírito (Uma unção de intercessão); em terceiro lugar, há as línguas com interpretação, para a edificação da igreja, e em quarto lugar, Deus estabeleceu línguas como um sinal para os incrédulos. Dessas quatro manifestações, três Deus não nos deu controle sobre elas, porém uma Ele deu; línguas para edificação pessoal, essa nós temos absoluto controle e está disponível a cada um de nós sempre que nos dispomos a orar. Orar em línguas para a nossa edificação pessoal trará benefícios tremendos nas nossas vidas. Muitas vezes quando estamos enfrentando um desafio de fé, faça-se necessário estarmos edificados no espírito a fim de prevalecermos contra os ataques sujos dos principados e potestades. A vitória está em não crermos no que vemos, mas no que não vemos. Paulo disse em segunda Coríntios capítulo quatro: não atentando nós nas coisas que se vêem, mas nas que se não vêem; porque as que se vêem são temporais, e as que se não vêem são eternas. Viver por aquilo que não se vê, requer um posicionamento do nosso íntimo num nível em que acreditamos apenas na Palavra que Deus nos disse, e mais nada. Ao nos entregar ao Espírito Santo, orando em outras línguas, aquela parte do nosso ser que pode crer (O nosso espírito) é fortalecida. Está escrito que quem fala em outras línguas, o seu espírito ora de fato. É impossível passarmos tempo a sós com Deus, orando em línguas e não termos a nossa fé acrescentada. Nós nos edificamos ao orar em línguas. Essa edificação é a formação da Verdade de Deus dentro de nós. Quando isso ocorre, somos transformados por dentro, e podemos então mudar a nossa situação através do exercício da nossa fé. Judas disse nos versos dezenove e vinte: São estes os que promovem divisões, sensuais, que não tem o Espírito. Vós porém amados, edificando-vos na vossa fé santíssima, orando no Espírito Santo. Não importa o que você esteja passando, entregue-se ao Espírito, Ele poder interceder por você e te levar a outro lugar de fé, onde o monte INEVITAVELMENTE será removido em O Nome de Jesus.

Continuamos no próximo ensinamento

Seu servo amigo no evangelho,

Eber

sábado, 24 de março de 2012

seguidor e o discípulo

O seguidor espera pães e peixe; o discípulo é um pescador. → O seguidor luta por crescer; o discípulo luta por reproduzir-se. → O seguidor se ganha; o discípulo se faz. → O seguidor gosta do afago; o discípulo gosta do serviço e do sacrifício. → O seguidor entrega parte dos seus desejos; o discípulo entrega sua vida. → O seguidor ouve a palavra e a guarda no coração, o discípulo leva esta palavra aos aflitos; → O seguidor espera que lhe apontem a tarefa; o discípulo é solicito em tomar a responsabilidade. → O seguidor quase sempre murmura e reclama; o discípulo obedece e nega a si mesmo. → O seguidor reclama que o visitem; o discípulo visita. → O seguidor conhece a Bíblia de capa a capa, o discípulo conhece e pratica o que sabe; → O seguidor pratica a caridade, o discípulo pratica o mais puro amor, o amor de Deus; → O seguidor sonha com a igreja ideal; o discípulo se entrega para fazer a igreja real. → O seguidor diz: Que bonito!; o discípulo diz: Eis-me aqui. → O seguidor aponta o dedo e mostra as pessoas para Deus, o discípulo mostra Deus às pessoas; → O seguidor espera por um avivamento na igreja; o discípulo é parte do avivamento. → O seguidor é condicionado pelas circunstâncias; o discípulo as aproveita para exercitar sua fé. → O seguidor vale porque soma; o discípulo vale porque multiplica. → O seguidor é importante; o discípulo é indispensável

dom de línguas

Naelcio C. Crudi

Oração em línguas estranhas .

“E todos foram cheios do Espírito Santo, e começaram a falar noutras línguas, conforme o Espírito Santo lhes concedia que falassem.” (Atos 2:4).
A evidência do receber a plenitude do Espírito Santo, como já dito é a oração em línguas estranhas, os discípulos receberam o batismo com o Espírito Santo e começaram a falar em outras línguas.
Se eu recebo o dom de línguas é porque eu sou batizado no Espírito Santo. Certa vez estava ministrando a um grupo pequeno de pessoas sobre Batismo no Espírito Santo, então comuniquei a eles que iriam receber a imposição de mãos para fossem batizados com o Espírito Santo, e eu perguntei se tinha alguém neste grupo já batizado desta maneira que está na reunião, e um rapaz disse: “Olha eu falo em línguas, mas não sou batizado”. Então eu disse: “É claro que sim, você só não soubera, pois não tem como atuar em coisas espirituais sem ser espiritual”. Ele havia recebido, mas não sabia o nome do que recebera. Se você fala em outras línguas, então é Batizado com o Espírito Santo.
“E, dizendo Pedro ainda estas palavras, caiu o Espírito Santo sobre todos que ouviam a palavra. E os fieis que eram fiéis a circuncisão, todos quanto tinham vindo com Pedro, maravilharam-se de que o dom do Espírito Santo se derramasse também sobre os gentios. Porque os ouviam falar em línguas e magnificar a Deus” (Atos 10.44-46 RC).
A palavra dom significa poder, e o poder do Espírito Santo na passagem supra refere-se ao batismo no Espírito Santo, depois disse começaram a falar em outras línguas, começaram a falar com Deus com uma linguagem espiritual.
Se você afirma que é batizado, mas não fala em outras línguas... Bom... Na bíblia quando se relata de batismo, e o que eu falo aqui é o batismo no Espírito, há a existência de línguas, por exemplo, no pentecostes. E os sinais das línguas estranhas iriam seguir aqueles que crescem.
“Esses sinais seguirão aos que crerem: Em meu nome... falarão novas línguas” (Marcos 16.17 RC).
Logo, a luz desse texto de Marcos, se eu crer, em nome de Jesus serei batizado, pois falarei novas línguas, e não há como falar novas línguas sem te o batismo no Espírito Santo. As pessoas que não crêem não conseguem falar em novas línguas, não compreendem, e a bíblia diz que o sinal de falar em línguas é um sinal que seguirá aos que crêem. Então podemos pedir em nome de Jesus para que recebamos o batismo em nome de Jesus!
O nome de Jesus nos foi dado para usarmos, e é o nome a cima de todo o nome que se nomeia, tem todo poder e autoridade nesse nome, foi nesse nome que Smith Winggisword ressuscitou cerca de 25 pessoas, é neste nome que eu oro por pessoas e elas são imediatamente curadas, é neste nome que expulsamos demônios, e neste nome está o poder de orar em línguas estranhas.
Em pentecostes as pessoas de varias nacionalidades entenderam em sua própria língua o que os discípulos falaram (vide Atos 2.8-13), isso acontece, mas não quer dizer que os discípulos estavam falando em determinadas línguas, mas os de outras nacionalidades ouviram em suas respectivas línguas as grandezas de Deus. Isso acontece, até os dias de hoje, é um item dentro das utilidades de orar em línguas estranhas.
O pastor Irineo Grubert conta que foi pregar em uma igreja tradicional, que não entendia a oração em línguas estranhas, e no meio da pregação sentiu uma vontade enorme de falar em línguas estranhas, se conteve, mas após soltou algumas coisas em línguas, na mesma hora um senhor da platéia veio chorando ao altar dizendo que o pastor revelou especialmente coisas da vida dele, e o pastor Irineo ficou sem entender, e depois pergunto para algumas pessoas o que ele havia falado. Então os tradicionais disseram: “Também queria saber o que você falou”. Ou seja, apenas aquele homem traduziu a mensagem em línguas estranhas, Deus permitiu o irmão interpretar, que também é um dom (vide 1º Coríntios 12.10).
Mas em geral as línguas estranhas é uma oração, individual, feita de preferência só entre Deus e a pessoa.
“O que fala língua estranha não fala aos homens, senão a Deus; por que ninguém o entende, e em espírito fala de ministérios” (1º Coríntios 14.2 RC).
É uma conversa intima que o Espírito Santo nos concede a falar determinadas palavras que Deus entende, de maneira que convém orarmos.
“Assim também o Espírito de Deus vem nos ajudar na nossa fraqueza. Pois não sabemos como devemos orar, mas o Espírito de Deus, com gemidos que não podem ser explicado por palavras, pede a Deus em nosso favor... O Espírito pede de acordo com a vontade de Deus” (Romanos 8.26-27b NTLH).
O Espírito Santo começa a nos conceder sons que não se pode ser expresso por palavras, por isso a versão revista e corrigida do traz a frase “gemidos inexprimíveis” ao invés de “com gemidos que não podem ser explicado por palavras” o qual a NTLH traz. Parece algo sem expressão, palavras que são informes.
Quantas vezes não sabemos o que orar, como oração, e então o Espírito Santo nos concede palavra e nós falamos (vide Atos 2.4). Dessa maneira nós oramos de acordo com a vontade de Deus, pois o Espírito Santo conhece a Deus, até as suas profundezas e nos ajuda a orar da maneira que se deva orar.
“O que fala em línguas estranhas edifica-se a si mesmo” (1º Coríntios 14.4).
Nós não sabemos ao certo orar, por isso o Espírito Santo ora por nós, intercede por nós desta maneira tão especial. Oração em línguas é para a pessoa ficar firme na fé, edificada, consolidada em sua fé, o Espírito Santo irá pedir coisas que são realmente necessárias. O Espírito sonda o nosso coração, sabe qual a nossa real necessidade e fala a Deus.
Espírito Santo fala a Deus e Deus vendo que você abriu sua boca e começou a orar em línguas estranhas, sinalizando assim, a Deus, que você concorda que o Espírito Santo faça algo novo dentro de você, então Deus começa a operar em nós. Muitas vezes estamos com algo equivocado dentro do nosso coração e após a oração em línguas estranhas estamos completamente convictos de outra coisas.
Orar em línguas bloqueia a atuação do nosso egoísmo na oração. Um exemplo de oração egoísta: “Deus eu quero um carro, eu quero dinheiro, quero uma casa, eu quero que o Senhor mate todos os meus inimigos... Eu amaldiçôo todas as pessoas que não gostam de mim, amaldiçôo o vendedor de batatas que não me deu um desconto...”. E agora como oraríamos no Espírito Santo oraria: “Deus eu preciso de forças não perder a minha fé ao se importar mais com coisas materiais do que com o serviço do teu Reino. Que o Senhor me ajude a ter paciência e a esperar que as coisas que o Senhor me prometeu. Me ajude a amar o meu próximo, que o Senhor que abençoe os que me maldizem, que as pessoas que me maldizem possam nasce de novo e te encontrar como um dia te encontrei” - esse é um exemplo de oração segundo a vontade de Deus, claro que a oração do Espírito é bem mais profunda, possivelmente a tradução da oração em línguas seria mais ou menos assim.
Por vezes estive com duvidas de alguma coisa dentro da Palavra de Deus e após a oração em línguas a duvida foi tirada. Duvida é o contrario de fé, e a fé tem muito a ver com a Palavra de Deus, a fé é da palavra de Deus, ela vem da palavra de Deus (vide Romanos 10.17), então se eu tiver duvida a cerca da Palavra de Deus, não terei fé, logo não agradarei a Deus (vide Hebreus 11.6), e a oração em línguas trabalha também no campo da edificação da fé. Veja:
“Edificando-vos a vós mesmos sobe a vossa santíssima fé, orando no Espírito Santo” (Judas 1.20 RC).
Orar no Espírito Santo é justamente oração em línguas estranhas, nós vemos isso em Romanos 8.26, o Espírito Santo começa a se manifestar quando oramos nele, quando ele ora por nós, quando passamos a bola da oração para Ele, para que marque o gol e consigamos ser vitoriosos, pois há muitas coisas que bloqueiam a nossa fé e Espírito Santo começa a desembaraçar os bloqueios, pois sabe fazer como convém, sabe orar como convém, da maneira que concorde com a vontade de Deus.
É muito proveitoso orar em línguas, para termos fé forte e crescer espiritualmente. Pois a fé é algo que está dentro do homem interior, dentro do nosso espírito, e se formos edificados na fé o nosso espírito também será edificado (para entender mais sobre a fé conheça o livro “A fé verdadeira” de Naelcio C. Crudi).
Oração em línguas tem um valor imensurável, nós estaremos orando da maneira que Deus que, segundo a vontade Dele, estaremos perto Dele, falando algo que só Ele entende. Se estamos pedindo algo segundo a vontade Dele, certamente que é bom, digo, perfeito, pois a Deus nos diz que não tem maus pensamentos a cerca de nós, Ele não pensa coisas ruins para nós, só pensa coisas boas, coisas de paz (vide Jeremias 29.11).
Tenho um pensamento, se a pessoa realmente é batizada no Espírito e fala novas línguas, então poderá falar em línguas e fazer outra coisa ao mesmo tempo, por exemplo, estudar, ou trabalhar. Vou explicar, olhe o que a Bíblia diz:
“Se eu orar em línguas estranhas, o meu espírito, de fato, está orando, mas a minha inteligência não tomará parte nisso” (1º Coríntios 14.14 NTLH).
Paulo diz que a oração em espírito não toma parte na mente, gosto desta tradução: “minha inteligência não tomará parte nisso”. Veja, meu querido, nós somos um espírito, possuímos uma alma e temos um corpo, e a mente está no campo da alma, se você usa apenas mente o seu espírito fica neutro, ou seja, sem trabalhar; se você começa a correr em uma esteira e se desliga do mundo, fica sem pensar em nada, então você usa apenas o corpo, mas não impede que você possa correr e começar a pensar na vida, usando duas partes de você: Alma e corpo. Da mesma maneira poderá usar ao mesmo tempo o espírito, a alma e o corpo. Muitas vezes quando estou fazendo serviços domésticos em minha casa ou quintal uso a mente para pensar como irei produzir o meu trabalho e uso o corpo para por em pratica o pensamento, mas também começo a falar em línguas, desta maneira fortaleço minha fé, faço 3 coisas ao mesmo tempo, e isso é possível, com treino e disciplina.
Falar em línguas é orar em espírito, não atrapalha usar o raciocínio, não atrapalha a caminhada, ou o trabalho. Mas isso é uma questão de treino, pois tem pessoas que não conseguem pensar se estão ouvindo sons e oração em línguas faz sons.
Então ela usa a atenção que está na mente e começa a orar em espírito, a versão revista e corrigida diz “o meu entendimento fica sem fruto” no texto de 1º Coríntios 14.14, mesmo que eu esteja ouvindo-me orar em línguas o meu entendimento não estará recebendo nada de bom, pois estará entendendo nada, a menos que tenha o dom da interpretação de línguas. Então posso, se conseguir me desligar da minha voz, ler a bíblia e orar em línguas, pois as línguas usa o espírito, a leitura a mente. Se um pessoa ler a bíblia e orar em línguas ao mesmo tempo terá muito ganho, se edificará duas vezes mais.
Há trechos deste livro que eu estava orando em línguas, esta frase, por exemplo.
Se você conseguir se desligar da sua voz enquanto ora em línguas, então poderá estudar para a prova da faculdade ou da escola, poderá terminar o relatório do escritório. É o que Pulo disse a oração em espírito não toma parte na inteligência. Deus faz tudo perfeito, maravilha!
Não te aconselho a nunca mais orar no seu idioma, ante te incentivo a orar no seu idioma todos os dias, é necessário para dizer a Deus o que você está sentindo, é isso que Paulo diz:
“Se eu orar em línguas estranhas, o meu espírito, de fato, está orando, mas a minha inteligência não tomará parte nisso. O que vou faze então? Vou orar com o meu espírito, mas também vou orar com a minha inteligência; vou cantar com o meu espírito, mas também vou cantar com a minha inteligência” (1º Coríntios 14.14-15 NTLH).
Paulo incentiva a Igreja a fazer ambas coisas, orar em espírito e orar com o idioma nativo, adore a Deus com seu idioma nativo, isso é importante, dizer palavras de amor a Ele, mas na oração em línguas você estará pedindo como convém, mas estará pedindo, apenas. Mas com o idioma você pode dizer: “Te amo Senhor”, “Brigado por...”.
Enquanto oramos em línguas somos cheios da unção de Deus, somos levados a cumprir a vontade de Dele, as coisas do Senhor começam a ser consolidadas em nós, as duvidas somem, então podemos crer da maneira que Deus quer que creiamos. Nossa vida muda, transforma, há uma explosão.
Numa explosão nada permanece como é, há transformações, coisas pegam fogo e ficam quentes, na ora da explosão há iluminação, coisas são destruídas, outras coisas são transformadas. A oração em línguas explode tudo em nossa vida, segundo a vontade de Deus.
Meu amigo, Deus nunca vi ficar lhe devendo algo, tudo o que você faz por Ele, tenha certeza, Ele irá te recompensar. Se você orar durante a madrugada e dormir apenas três horas e depois ir ao trabalho Deus não o deixará cansado ou com sono, Ele irá suprir o seu cansaço, irá multiplicar as oram dormidas. A maior parte deste livro, por exemplo, foi escrita durante a madrugada, e amanha irei para a faculdade, irei acordar às cinco e quinze da manha para pegar um transporte, mas eu estou fazendo algo para Deus, se que Deus multiplicará as poucas horas de sono, tenho certeza disso.
Se você é casado (a) e dorme com o seu cônjuge não é legal ficar orando em línguas em alta voz ao lado dela (o), então ore baixinho, fique orando durante a madrugada com o cônjuge dormindo do lado, fiquem por horas orando em línguas, desta forma você estará em orando em sintonia com a vontade de Deus. Kenneth Hagin conta que orava por vezes de cinco a seis horas em línguas com a sua esposa do lado.
No que tange ao uso público das línguas, vejamos o que Paulo diz:
“Se, pois, toda a igreja se congregar num lugar, e todos falarem em línguas, e entrarem indoutos ou infiéis, não dirão porventura que estais loucos?... E, se alguém falar em língua desconhecida, faça-se isso por dois, ou quando muito três, e por sua vez, e haja intérprete. Mas, se não houver intérprete, esteja calado na igreja, e fale consigo mesmo, e com Deus”. (1º Coríntios 14.23, 27 e28).
É importante isso, se alguém que não é adepto ao pentecostes entrar em um lugar onde há uma gritaria desordenada em línguas, a primeira coisa que ele vai pensar é: “crente é tudo doido mesmo, to saído dessa”. Na igreja é necessário ministrar o Evangelho, é preciso orar, mas fazer bagunças só atrapalha a imagem da Igreja, a Igreja tem que ser luz e não motivo de chacota. Esses dias passado de ônibus na cidade um rapaz apontou para uma determinada igreja e disse: “Olha a Igreja Deus é Surdo”. O que eu iria falar? Calei-me, fiquei triste. Não digo que não pode dançar na igreja, pode isso anima o reunião, balançar o corpo, bater palmas, erguer as mãos, mas gritos não provam a espiritualidade. Se as pessoas querem orar em línguas em alta voz e gritar marque uma vigília com os membros e vá chapar aos pé de Deus, agora no culto público é importante a decência para ganhar almas. E no caso de interpretação de línguas é tem que haver intérprete, a pessoa com dom para saber o que a pessoa está falando no Espírito (vide 1º Coríntios 12.10), e essa tradução é como profecia. Na igreja se for falar em línguas, ore entre você e Deus quietinho, baixinho, é claro que é aceitável que o pastor fale em línguas algumas vezes durante a ministração, isso é bom para edificá-lo para pregar, mas não é essencial.
Não há nada que se contrapõe a oração em línguas. Ela é um sinal inicial do nascimento do Espírito (vide Atos 2.4). Quando oramos em línguas estranhas estamos em orando em harmonia perfeita com a vontade de Deus (vide Romanos 8.26). A língua estranha nos relembra da presença do Espírito Santo que está em nós, pois é do homem espiritual, nascido do Espírito (vide João 3.6). Ajuda na edificação espiritual (vide 1º Coríntios 14.4). Edifica a nossa fé (Judas 1.20). Há vários benefícios de orar em Línguas, meus amados, olhe cada item desses que aqui foram citados, se fosse apenas um destes já seria uma oração explosiva, mas são todos esses, e alguns outros que há em mistérios. Maravilha que Deus fez para

sexta-feira, 23 de março de 2012

Vencendo a vil concupiscência com a oração em línguas.

IV - Vencendo a vil concupiscência com a oração em línguas.
Meus amigos não é necessário que você sinta vontade de orar em línguas para começar a orar. Há certas coisas na vida que é necessário fazer sentindo ou não sentindo, querendo ou não querendo. Se você esperar sentir para orar terá muito pouco tempo de oração, porque nossa carne quer coisas fora da vontade de Deus, nossa carne que ver o filme imoral, ficar 5 horas seguidas nos sites de relacionamentos, ficar a noite toda vendo porcaria na internet, nossa carne quer difamar as pessoas, mas nós não podemos seguir nossa carne, temos que seguir aquilo que Deus fala e dane-se o nosso sentimento, o que temos que querer é fazer a vontade do Pai. Ore mesmo sem sentir vontade, subjugue o seu corpo, esmurre-o, coloque-o sobre o domínio de Cristo, fazendo coisas que Ele não que fazer.
Deus me fez saber de uma arma bíblica contra a prostituição: Oração em línguas. É sem duvidas muito difícil fugir da prostituição, é uma das armas que o diabo mais usa contra vários cristãos.
“Mortificai, pois, os vossos membros que estão sobre a terra: A prostituição, a impureza, a afeição desordenada, a vil concupiscência, e a avareza, que é idolatria;” (Colossenses 3.5 RC).
Paulo, inspirado pelo Espírito Santo, diz para mortificar os desejos sexuais desenfreados. A Nova Tradução na Linguagem de Hoje traz como “Matem os desejos”. Aqui nos diz que a que devemos mortificar a “vil concupiscência”, ou seja, o infame desejo sexual, há o desejo que é normal do ser humanos, mas a maioria nutre um desejo lascivo infame e quanto mais reprime isso por causa da religião mais há um turbilhão de pensamentos lascivos, o que precisa não é a repressão do “não pode”, “não toque”, “não pegue”. O que é necessário é a mortificação, é a morte destes desejos mediante o tratamento de Deus. As pessoas que mas se reprimem são as mais lascivas, eu vivi a minha adolescência na igreja evangélica, sei do que estou falando, e isso é causa de vários desordens e desejos a flor da pele.
Isso precisa ser tratado, a liderança deve conversar com os jovens, deve instruí-los, não apenas dizer: “não se masturbem”, “não olhe”, “não...”, “não...”, “se você fizer isso Deus te coloca fogo”... Isso adianta nada. Se for para fazer isso é melhor deixar como está, pois não gerará nenhuma anomalia nos jovens.
Tem-se que ensinar eles a se relacionar com Deus. Dizer para Deus os seus sentidos mais profundos, seus desejos, e a partir disso Deus vai curar. O que mais se deveria estar diante do Senhor são nossos desejos, e muitas vezes são reprimidos pelo “não pode”. As pessoas acham detalhar suas lascívias a Deus estará profanando a presença dele, mas não! Deus o Conhece, Deus sabe quem você é e tudo que sente, mas só vai poder curá-lo pela sua espontânea confissão de arrependimento e desejo de cura, a mortificação é um processo árduo e demorado, mas funciona.
Para fugirmos dos desejos temos que estar com a fé realmente muito firmada, muito edificada. Nossa crença e confiança em Deus tem que estar muitíssima forte, desta forma conseguiremos fugir da prostituição, sem que isso gere pensamentos com relação a se cometesse prostituição.
A bíblia nos da à receita para edificarmos nossa fé:
“Edificando-vos a vós mesmos sobe a vossa santíssima fé, orando no Espírito Santo” (Judas 1.20 RC).
Se orarmos em línguas oraremos segundo a vontade de Deus (vide Romanos 8.26), e Deus sabe como fazer as coisas certas, Ele sabe tudo, Ele irá nos ajudar a vencer a vil concupiscência.
Quando sobrevir sobre você a lascívia conte os desejos detalhadamente a Deus, Ele não irá te recriminar, mas te ajudar, fale nomes, fale locais, fale desejos, conte tudo a Ele, após ore em línguas por mais tempo que puder, então a unção de Deus te cobrirá e os desejos serão mortificados, mas isso é um exercício continuo.
Tem dado certo comigo, creio que é uma chave de Deus para as pessoas que tem esses problemas, ou seja, todas as pessoas, todas as pessoas em um momento da vida já experimentaram a vil concupiscência.
É uma chave simples, mas destrona o reino das trevas.
Postado por Naelcio C. Crudi