sábado, 27 de outubro de 2012

Orando no Espirito


“SEJA FEITO COMO VOCÊ CRÊ!”

“SEJA FEITO COMO VOCÊ CRÊ!”
Mateus 9:27-30

Deus deseja que aprendamos o seguinte:
• Crer e não agir sobre o que cremos é apenas sonhar.
• Quando agimos sem realmente crer, estaremos criando um passatempo.
• Todavia, quando cremos e agimos com base no que cremos, essa atitude mudará nossas vidas!

A Bíblia diz: (...) a fé é assim: se não vier acompanhada de ações, é coisa morta. (Tg.2:17 NTLH)

O trecho que lemos nas Escrituras é uma história fascinante, de dois cegos que escutaram que Jesus estava passando perto de onde eles estavam.

Eles “tomaram uma atitude”, passaram a seguir Jesus. Tal postura fez com que eles fossem mais ousados e começassem a gritar: “Filho de Davi, tenha pena de nós!”

Por que gritaram? Dentro deles surgiu um sentimento de confiança no poder de Deus para uma mudança, uma transformação, um milagre e um futuro melhor!

Jesus entra em casa e os dois cegos chegam ainda mais perto Dele. Jesus lhes faz uma pergunta: “Vocês crêem que eu posso curar vocês?” Eles respondem: “Sim, senhor! Nós cremos!” Jesus tocou em seus olhos e aí disse algo poderoso: “Então que seja feito como vocês crêem!” Na verdade, Jesus disse que assim aconteceria, por causa da fé que eles demonstraram.

Eles creram e agiram com fé. Essa atitude lhes trouxe uma tremenda transformação, um milagre! Ao agiram com uma atitude de fé, foram abençoados. ELES SE TORNARAM NO QUE CRERAM!

Vejamos a atitude deles:
• Eles creram e clamaram.
• Eles creram e persistiram.
• Eles creram e se aproximaram mais de Jesus.
• Responderam ao questionamento de Jesus com fé.

Pensemos:
• No que nós cremos?
• Nós realmente acreditamos no que cremos?
• Qual a razão desta pergunta?
• Muitos duvidam do que crêem!

No caso dos dois cegos, eles perceberam o “Poder Soberano”, Jesus, passando por eles e a presença de Jesus gerou dentro deles, convicções que os conduziu à ação.

Quando nós agimos sobre as convicções que Deus nos dá, a nossa alma se torna capacitada para mudanças. Quando estamos próximos de Jesus como agora, nós nos abrimos para a esperança e fechamos a porta para o medo, como para o desespero.

Por quê? De acordo com Gênesis 1:26, nós fomos criados à imagem e semelhança de Deus e quando essa imagem é ativada dentro de nós, por causa da presença de Jesus, readquirimos a habilidade de agir pela fé. Nós cremos no melhor de Deus para nós!

Nós não devemos nos preocupar como Deus irá nos ajudar. A nossa fé diz que Deus existe e que Ele se preocupa conosco. Deus tem todo o poder para transformar, não somente nossas vidas, como para nos ajudar a superarmos as nossas deficiências e adversidades.

Não sei como você se sente agora, mas se você anda desanimado com tudo o que perturba a sua mente, leia comigo o que a Bíblia diz: Digam aos desanimados: Não tenham medo; animem-se, pois o nosso Deus está aqui. Ele vem para nos salvar (...). (Is.35:4 NTLH) Permita que o poder de Deus mude a imagem negativa que você criou de si mesmo, pois em Deus há sempre ânimo e Ele nos dá coragem!

O que nós faremos?
• Ficaremos inertes e aceitando o pior, em vez de buscar o melhor de Deus para nós?
• Ficaremos olhando para as nossas deficiências de momento e dizendo: “Eu não tenho condições, é impossível para mim?”
• Jesus, o “Poder Soberano” disse: O que é impossível para os seres humanos é possível para Deus. (Lc.18:27 NTLH)

Hoje é o dia que você deve se levantar e permitir que Jesus transforme sua vida. Agarre-se ao poder de Deus e diga como Jacó, que num dos seus momentos mais angustiantes, se apegou firmemente ao Senhor e disse: Não te deixarei ir, a não ser que me abençoes (...). (Gn.32:26 NTLH)

Jacó creu e foi abençoado! Então, ponha ação sobre o que você crê e seja feito como você crê! Deus o abençoe!

“O CARÁTER DE DEUS É O FUNDAMENTO DA NOSSA FÉ”

“O CARÁTER DE DEUS É O FUNDAMENTO DA NOSSA FÉ”
Hebreus 11:6

Em quem ou no que a nossa fé se fundamenta?
• Num homem? Ele é falho e inconstante.
• Numa promessa? Ela pode estar se iludindo com algo que Deus nunca nos falou.
• Numa passagem da Bíblia? Nós a podemos estar interpretando erroneamente.
• Em Deus, que tipo de Deus? Pode ser um que nós criamos, com o nosso caráter!
• A fé genuína se fundamenta no caráter de Deus, em Quem Ele realmente é.

Entendamos Hebreus 11:6:
• Como podemos agradar a Deus? Tendo fé. Por quê?
• Porque quem vai a Ele, precisa crer que Deus existe. Até este ponto nós estamos convictos da Sua existência, mas o verso nos leva mais além.
• A quem Deus recompensa? Aos que procuram conhecê-lo melhor.
• O termo “conhecer” no grego é ekzetéo, que traz a idéia de procurar conhecer as características próprias de uma pessoa.

A nossa confiança em uma pessoa não está no que ele fala, mas no caráter que ela revela.
• Portanto, quando questionamos a sabedoria de algum dos caminhos de Deus, a nossa fé será apenas uma “tentativa” de crer numa incerteza.
• Quando dizemos que somos capazes de compreender os caminhos de Deus por completo, ainda não somos cristãos inteiramente.

No Getsêmani, Jesus não pediu prova para agir pela fé, mas confiou e repousou sobre o caráter “santo” de Deus.
• A Bíblia diz: & Eu sou o SENHOR. Dediquem-se a mim, o Deus de vocês, e sejam completamente fiéis a mim, pois eu sou santo. (...) (Lv.11:44 NTLH)
• Ainda que todo o mundo gritasse contra a bondade e o amor de Deus, Jesus sabia que Aquele que é SENHOR e Santo não comete erros.

A fé não é uma qualidade de pessoas nobres ou de cristãos superiores.
• Ela não é uma virtude que pode ser alcançada por poucos.
• A fé não é uma força capaz de nos persuadir de que preto é branco, ou de que algo acontecerá se a quisermos com bastante força.

A fé é o ato de harmonizar o nosso espírito e mente com a verdade e no caráter de Deus.
• A pessoa que crê aceita o caráter de Deus com um fato sólido, pois o que sai da Sua boca é verdadeiro, imutável, quer creiamos ou não.
• A incredulidade humana não pode alterar o caráter de Deus.
• A Bíblia diz: & Deus não é homem para que minta, nem filho de homem para que se arrependa. Acaso ele fala, e deixa de agir? Acaso promete, e deixa de cumprir? (Nm.23:19NVI)

Deus é o que é em Si mesmo. Deus não se transforma naquilo que cremos.
• Deus disse a Moisés: & Não se aproxime. Tire as sandálias dos pés, pois o lugar em que você está é terra santa. (Êx.3:5 NVI)
• Deus estava dizendo a Moisés o seguinte: “Pare onde você está, pois até agora você agiu na sua própria crença e a partir deste momento, quando você pisar nos meus domínios, agirá de acordo com o meu caráter, em concordância à minha santidade!”

Aquele que sabe quem Deus é, “a classe de Deus que Ele é”, deposita Nele a sua confiança em qualquer tempo ou situação.
• A Bíblia diz: & Os que conhecem o Teu Nome confiam em ti, pois tu, Senhor, jamais abandonas os que te buscam. (Sl.9:10 NVI)
• O caráter de Deus é o fundamento da nossa fé.
• É por causa do Seu caráter que conseguimos soluções para os nossos problemas espirituais, como para as situações do nosso dia a dia.

Diante disso tudo é vão o esforço para ter fé, no esforço pessoal para crer nas promessas das Escrituras; pois, uma promessa é boa na medida em que é bom para Aquele que a fez.
• Portanto, uma promessa é boa, não porque ela é “boa para nós”, mas porque serve aos propósitos de Deus.

Quanto mais nós cultivamos o conhecimento de Deus, da Sua Pessoa e do Seu caráter, ao mesmo tempo, cultivamos a nossa fé.
• A Bíblia diz: & (...) a fé vem por ouvir a mensagem, e a mensagem vem por meio da pregação a respeito de Cristo. (Rm.10:17 NTLH)
• Muitos pregam porque se maravilham em pregar.
• Porque se sentem líderes.
• Mas quem de fato prega, assim o faz porque este é o meio de Deus gerar fé nas pessoas.
• O pregador se faz servo de Deus, da Sua Palavra, do Seu Espírito e das pessoas que o ouve.
• O pregador não satisfaz a si mesmo pelo ato de pregar, mas cumpre a vontade de Deus e isso é sério!
• Ele expõe o caráter de Deus e não um “deus subserviente’, bajulador e condescendente.

A fé se fundamenta no caráter de Jesus, em quem Ele é, no Autor e Consumador da nossa fé!
• A fé não se baseia nas histórias sobre Jesus e nem nos milagres que Ele fez, mas no que Ele realizou em função do Seu caráter e propósitos.
• Esta é uma fé forte e inabalável!
• A Bíblia diz:  1 Aqueles que confiam em Deus, o SENHOR, são como o monte Sião, que não pode ser abalado, mas continua sempre firme. 2 Como as montanhas estão em volta de Jerusalém, assim o SENHOR está ao redor do seu povo, agora e sempre. (Sl.125:1,2 NTLH)

Deus o abençoe!

Biblia Apostólica


OS SEGREDOS DA ORAÇÃO DE SUCESSO

OS SEGREDOS DA ORAÇÃO DE SUCESSO (Lc 18.1)

Introdução: A oração é sua maior arma. A oração é uma visita ao Pai. Jesus sabia que essa era a única forma de realmente vencer a doença ou o poder dos espiritos demoníacos. A oração pôe medo no coração de Satanas. Deus espera por sua oração. Anjos esperam por sua oração. É a mais poderosa forma de mudar o destino de uma vida. Creio que a oração é o único caminho para a paz verdadeira e a força diária.

1. Por que devemos orar?
a- È uma ordem de Deus – E contou-lhes uma parábola sobre o dever de orar sempre e nunca desfalecer. (Lc 18.1 ). Sua palavra orienta que sempre devemos orar. Ele espera que oremos diariamente.-
b-A oração é a chave do poder – leia atentamente esta passagem de Atos 12. “ Pedro, pois, era guardado na prisão; mas a igreja fazia contínua oração por ele a Deus. A oração da autoridade sobre Satanas. O jovem lunático (Mc 9.29 ).



2. O que a oração faz? A oração muda o seu mundo interior. A paz e a presença de Deus preenhem o seu coração. A oração também muda as circunstâncias externas: a mão de Deus move as pessoas ao seu redor e milagres começam a acontecer.

a- A oração agrada o coração de Deus – “ E ali virei a ti e falarei contigo de cima do propiciatório, do meio dos dois querubins( que estão sobre a arca do testemunho), tudo que eu te ordenar para os filhos de Israel” Exodo 25.22). Deus gosta de sua companhia. Ele busca comunhão com você.

b- A oração agrada você – Vinde a mim, todos os que estais cansados e oprimidos, e eu vos aliviarei (Mt 11.28). Quando você ora, o seu espírito recebe o alimento fundamental: o pão da vida. A oração é tão necessária para o seu espírito quanto o alimento é para o seu corpo.

c- A oração abençoa os outros – admoesto-te, pois, antes de tudo, que se façam deprecações, orações, intercessões e ações de graças por todos os homens ( 1Timóteo 2.1). Quando você levar as necessidades dos outros em oração ate Deus, não só tais necessidades serão satisfeitas, mas você será satisfeito também. “E o Senhor virou o cativeiro de Jó, quando orava pelos seus amigos; e o Senhor acrescentou a Jó outro tanto em dobro a tudo quanto dantes possuía ) Jó 42.10)

d- A oração abre as portas para Deus mostrar coisas grandes e poderosas – Clama a mim, e responder-te-ei e anunciar-te-ei coisas grandes e firmes, que nao sabes ( Jr 33.3 ).

3. Onde devo orar?
a- No culto público com os outros crentes.
b- No seu lugar reservado para as orações....sozinho. Jesus orou no monte, nos desertos. Jesus muitas vezes orou sozinho durante períodos críticos de sua vida. Ele precisava estar sozinho com o seu Pai.



4. Por que motivos orar? Pelos líderes nacionais, por outros países, pelos perdidos, para o s missionários,para o avivamento, para novas conversões, pelos familiares, pelos pastores etc....



5. 2 tragédias que acontecem quando você deixa de orar -
a- A ausência de resultados- sem oração e confissão da Palavra, forças satânicas atacam sem restrição.
b- A ausência de purificação – a oração submente a natureza carnal à presença de um Deus Santo. É impossível andar em estrita obediênica sem uma sólida vida de oração.



6. Obstáculos à sua vida de oração –
a. Falha em reconhecer o seu direito como filho de Deus,,
b. Sua ignorância do poder da oração,
c. Sua preguiça e apatia- é preciso ter disciplina para estar a sós com Deus
d. Sa atitude- atitudes negativas em sua oração o impedem de receber a resposta. Voce deve orar a promessa em vez do problema e seus sentimentos-se você orar apenas quando sentir-se bem para fazer isso, você provavelmente vai orar poucas vezes.



7. Razões para orações não respondidas:

a- Motivos errados – pedis e não recebeis, porque pedis mal, para gastardes em vossos deleites ( Tiago 4.3).


b- O pecado em seu coração – Eis que a mão do Senhor não está encolhida, para que não possa salvar, nem o seu ouvido, agravado, para não poder ouvir. Mas as vossas iniquidades fazem divisão entre vós e o vosso Deus, e os vossos pecados encobrem o seu rosto de vós, para que vos não ouça. ( Isaias 59.1.2 )

c- Ídolos em sua vida – E vieram a mim alguns homens dos anciãos de Israel e se assentaram diante de mim. Então, veio a vim a palavra do Senhor, dizendo: filho fo Homem, estes homens levantaram os sues ídolos no seu coração e o tropeço da sua maldade puseram diante da sua face; devo eu de alguma maneira ser interrogado por eles? (Ezequiel 14.1-3).

d- Um espirito incapaz de perdoar – e quando estiverdes orando, perdoai, se tendes alguma coisa contra alguém, para que vosso Pai, que estais nos céus, vos perdoe as vossas ofensas ( Mc 11.25)

e- Falta de generosidade – O que tapa o seu ouvido ao clamor do pobre também clamará e não sera ouvido. (Provérbios 21.13).

f- Maus tratos familiares - !”Igualmente vós, maridos, coabitai com ela com entendimento, dando honra à mulher, como vaso mais fraco, como sendo vós os seus co-herdeiros da graça da vida; para que não sejam impedidas as vossas oração”. (1 Pedro 3.7).

g- Sua falta de fé – Tocou, então, os olhos deles, dizendo; seja-vos feito segundo a vossa fé. (Mt 9.29 ).



8. Chaves para a oração respondida- existem leis para o sucesso na oração. Elas funcionam quando aplicadas. Se voce ignorar, sua oração será ineficaz e um despercício de tempo. Quais são esses importantes elementos essenciais em sua oração?

a- Você deve orar em nome ao Pai – “Tudo que pedirdes ao Pai em meu nome, ele vo-lo a dar. ( João 16.23 ).

b- Você deve orar em nome de Jesus – Tudo quanto pedirdes em meu nome, eu o farei, para que o Pai seja glorificado no filho. Se pedirdes alguma coisa em meu nome, eu o farei. Se me amardes, guardareis os meus mandamentos ( João 14.21-15).

c- você deve orar pelo Espirito Santo – E da mesma maneira também o Espirito ajuda as nossas fraquezas; porque não sabemos o que havemos de pedir como convém, mas o mesmo Espírito intercede por nós com gemidos inexprimíveis. ( Rm 8.26).

d- Você deve orar com total compreensão de seus direitos e privilégios – Porque se eu orar em língua o meu espirito ora bem, mas o meu entendimento fica sem fruto. Que farei,pois? Orarei com o espirito, mas também com o entendimento; cantarei com o espirito, mas também com o entendimento. ( 1 Corintios 14.14-15 ).

e- Você deve orar em harmonia com a Palavra de Deus – Se vós estiverdes em mim e as minhas palavras estiverdes em vós, pedirdes tudo o que quiserdes, e vos será feito. (João 15.7).

f- Voce deve orar com fé não duvidando – Peça-a , porém, com fé, não duvidando;porque o que fuvida é semelhante à onda do mar, que é levada pelo vento e lançada de uma para outra parte. (Tiago 1.6).

g- você deve orar com louvor por sua resposta – Não estejais inquientos por coisa alguma; antes, as vossas petições sejam em tudo conhecidas diante de Deus, pela oração e súplicas, com ação de graças. ( Filipenses 4.6).



Conclusão: Voce deve estabelecer um tempo definido de oração pela manhã. Voce deve estabelecer um lugar definido. Voce deve falar com Deus imediatamente após acordar. Voce deve estabelecer uma lista de oração e mantê-la atualizada. Voce deve aprender a orar em voz alta.

Sei que existem muitos crentes que querem andar em poder, que querem viver como vencedores, que desejam criar hábitos em suas vidas.....mas nunca aprenderam a verdade sobre o poder da oração. Eles querem ser disciplinados. Eles querem desevolver uma hora e um local....mas nunca começaram. Comele hoje mesmo! Comece neste exato minuto orando em voz alta. Saiba como ativar o clima de poder ao seu redor...com louvor e gratidão.

Aquele que tem sucesso em sua vida diária de oração....tem sucesso na vida.

Aquele que falhar em sua vida diária de oração .....terá uma vida de fracasso.


Pastor AristPon Junior
AGORA SOU EU QUE PRECISO DE SUA AJUDA.
AQUÍ HA 2 MANEIRAS EM QUE VOCE PODE ME AJUDAR:

1– POR FAVOR VISITE MEU BLOG http://oracaoemlinguas.blogspot.com.br/ E VISITE (CLIQUE) OS ANUNCIOS DO GOOGLE QUE APARECEM NA BARRA LATERAL. FAZENDO ISSO VOCE ESTARA AJUDANDO-ME A CONTINUAR ESTE MINISTERIO.
2- PRECISO LEVANTAR UMA CONSIDERAVEL QUANTIA $$$$ PARA PUBLICAR UM LIVRO : “Milagres Financeiros
DEPOSITO BANCARIO A NOME DE : Ariston V C Junior
BANCO: ITAU
AGENCIA: 8260
CONTA Corrente:23926-7
CIDADE: Caruaru

SUA OFERTA E INVESTIMENTO NO REINO DE DEUS E
ELE CERTAMENTE ABENCOARA SUAS FINANCAS.
QUE DEUS O ABENCOE!

quarta-feira, 24 de outubro de 2012

poder da confição!!!


O Valor da Meditação na Palavra de Deus

A Palavra de Deus não é um compêndio de estórias fantasiosas, ou um livro interessante de se ler. A Palavra de Deus não tem e não pode ter o mesmo valor para nós que qualquer outro livro na face da terra. A Palavra de Deus é a expressão da própria Pessoa de Cristo, revelada desde Gênesis até Apocalipse. A Palavra é a expressão da vontade de Deus, da maneira que Ele pensa e da maneira que Ele procede, é a expressão da própria mente e caráter do Pai, do Filho e do Espírito Santo. A Palavra de Deus tem um propósito muito maior do que apenas comunicar fatos, Ela tem o objetivo de gerar VIDA. E a VIDA é Jesus. A Palavra tem um valor completamente especial e por isso o nosso relacionamento com Ela não pode ser considerado de forma leviana.
Deus deseja revelar a importância da meditação na Sua Palavra dentro da caminhada cristã. Uma simples leitura rápida e o hábito de religiosidade humana (mecânico) não permitem que o Espírito Santo gere e produza em nós tudo aquilo que a Palavra de Deus pode e deseja gerar e produzir. O primeiro processo que Deus usa para que a Sua Palavra cumpra o Seu propósito em nós é a meditação na Palavra.
E o que vem a ser “meditar na Palavra”? Meditar na Palavra de Deus é atentar para a instrução do Espírito Santo no coração, pois a meditação brota a partir do nosso íntimo, no espírito. E quando o Senhor começa a falar é essencial dar importância e devida atenção àquilo que Ele fala. Poucas coisas são mais prazerosas e sublimes na vida cristã do que ter o próprio Senhor comunicando diretamente o Seu coração para o nosso coração, em comunhão, como um amigo que nos fala. Mas às vezes desperdiçamos tal privilégio porque não gastamos tempo suficiente com a Palavra para detectar a preciosidade que o Espírito Santo tenta comunicar ao nosso coração. Outras vezes simplesmente nos contentamos com a revelação que é transmitida por meio dos irmãos na igreja.
A mulher de Sansão queria muito descobrir o enigma do marido, e conseguiu compreender o segredo porque muito insistiu com Sansão. Todavia os homens que pressionaram essa mulher não quiseram se dispor a perguntar diretamente a Sansão sobre o enigma, mas cobraram da mulher de Sansão. Da mesma forma, existem crentes que só querem compreender os mistérios de Deus através da revelação do Espírito que é a dada para outros. Existe nestes uma acomodação espiritual, preguiça de desenvolver o próprio tempo de comunhão com Deus e Sua Palavra.
Através da meditação pessoal na Palavra, recebemos a mente de Cristo em determinada situação que estamos passando. Somente pela meditação na Palavra somos instruídos segundo o raciocínio de Deus, e começamos a passar pelas circunstâncias, não imbuídos de uma mentalidade carnal, mas sim espiritual, sabendo o que Jesus pensa e como Ele agiria em cada situação. A principal forma da comunicação de Deus conosco é através de Sua Palavra. O Salmo 1 diz que é bem-aventurado quem não anda no conselho dos ímpios. Se não buscamos socorro no mundo para receber a sabedoria, entendemos que o verdadeiro e melhor conselho só poderá vir dos céus. Deus sempre tem a melhor saída.
Tg1:21 diz: “acolhei com mansidão a palavra em vós implantada”. O Espírito Santo faz um implante de Deus em nós que é a Palavra. O espírito humano tem capacidade dada por Deus de receber e desenvolver a Palavra implantada até que dê fruto. A palavra tem o poder de salvar as nossas almas, de transformar qualquer falha, problema ou deficiência em nosso caráter, aproximando-nos cada dia mais do grande propósito de Deus: formar-nos à imagem e semelhança de Seu Filho Jesus Cristo. Entretanto, para que isso aconteça, na seqüência do texto de Tiago a Palavra diz que devemos nos tornar praticantes e não somente ouvintes da Palavra. Para praticar a Palavra por fé é necessário primeiro tê-la implantada corretamente em nós, pela comunicação da Verdade por meio do Espírito Santo a nosso próprio espírito.
A fé tem uma perspectiva de 50% receber a palavra no íntimo e 50% agir com base nessa palavra. Portanto, grande é a importância do primeiro passo: receber como terra fértil a semente, que é a Palavra. Em Tg 1:24-25 aprendemos que para receber o conselho de Deus temos que considerar atentamente a lei perfeita. Quando ligamos nosso coração à Palavra, nos tornamos propícios para o ensino do Espírito Santo. Precisamos atender ao devido cuidado para com a Palavra, meditando e buscando até que Deus nos instrua plenamente.
Deus deseja nos ensinar a receber o conselho que vem diretamente do trono. Ganhamos assim condições espirituais para agir numa perspectiva celestial e não terrena. O homem que recebe o conselho do trono, que medita dia e noite na Palavra de Deus, é como árvore plantada junto a ribeiros (Salmo 1) e TUDO o que fizer será bem sucedido. Quem aprende a submeter todas as suas decisões a Deus, e pratica a meditação na Palavra de Deus dia e noite vai sempre ter sucesso em tudo o que fizer; aquele que anda em obediência à Palavra que recebe está debaixo de uma lei que garante vitória. Todo aquele que anda debaixo de uma Palavra recebida por Deus inexoravelmente prosperará, pois nada pode suportar o poder da Palavra de Deus. Céus e Terra passarão, mas a Palavra de Deus jamais passará. Assim como dois e dois são quatro, aquele que é operoso praticante da Palavra não poderá ser resistido por nada quando persevera naquilo que Deus direcionou.
Cada palavra plantada em nosso espírito nos prospera. Deus quer nos inundar com as riquezas de Cristo e nos fazer participantes do seu banquete, desfrutar dos Seus ricos manjares. O homem pode e vai falhar conosco. Mas Deus jamais falha. Nossas raízes devem ser fixadas e estabelecidas no Senhor, e a meditação da Palavra fundamenta nossas raízes em Deus. Em I Co 12:13 vemos que a todos nós foi dado beber do Espírito Santo. Se não bebermos do Espírito não poderemos ter as condições que Deus precisa para nos dar Sua direção.
Quando Deus nos dá uma palavra, devemos perseverar em obedecê-la porque aí está a nossa prosperidade. Toda a responsabilidade dos resultados é de Deus e não nossa. Nosso único dever é ouvir e obedecer. Em Gênesis 26 vemos que Isaque fez aquilo que era a contramão da lógica do mundo, mas na obediência da direção de Deus estava a vitória de Isaque, que enriqueceu e prosperou. Os servos de Isaque cavaram no vale e acharam o poço de água nascente. Quando começamos a meditar na Palavra estamos cavando à procura desse poço de água nascente.
À medida que andamos com Deus percebemos que a mente de Deus é completamente diferente da mentalidade do mundo. Com o tempo de meditação na Palavra de Deus, uma imagem daquilo que Deus deseja é formada em nosso espírito. Deus deseja que estejamos tão envolvidos com a Palavra, tão impregnados Dela, que Ela se misture a nós e se torne a nossa mente, a nossa vida. A meditação na Palavra é proteção e é a maneira de Deus para imprimir em nós a própria imagem de Jesus. Em I Co 3:18 lemos que somos transformados de glória em glória, e a Verdade, a Palavra, é a fôrma nas mãos do Espírito Santo para cumprir essa transformação até que seja dia perfeito.
O Espírito Santo cria em nosso coração um lugar eterno. Ele quer construir a eternidade em nosso interior. Jesus diz: “na casa de meu Pai (nosso coração também faz parte dessas moradas) há muitas moradas (revelações que Deus deseja nos entregar por Sua Palavra dentro dessa perspectiva)”. O esconderijo do Altíssimo é o lugar inatingível que a Palavra de Deus gera em nossos corações. Quando entramos na Palavra de Deus ninguém nem nada nos toca, estamos completamente guardados. O diabo nunca chega à frente de Deus: por isso quem está sempre prevenido pelo Espírito Santo jamais cai nas ciladas do diabo. A Palavra cria a condição de exercer fé, e gera as condições de remover qualquer montanha.
Em II Co 3:17 a Palavra diz que onde está o Espírito do Senhor aí há liberdade. Nada nos detém na Palavra. Não somos nada, mas quando estamos guardados na Palavra, somos revestidos de poder para enfrentar qualquer resistência. Para entrar na Palavra é antes necessário que Ela entre em nós. A meditação na Palavra permite que a Palavra entre em nosso íntimo. O maior patrimônio que temos é o que Deus nos diz, porque tudo passa, mas a palavra de Deus sempre permanecerá. A Palavra d’Ele é nosso bem mais precioso, nada é mais importante do que nos colocarmos aos pés do Senhor, recebendo d’Ele o alimento genuíno, bebendo daquilo que é mais elevado.
Receba em Nome de Jesus agora, no final dessa leitura “fome” e “sede” da Palavra de Deus...

Pr. Eber Rodrigues (Mnistério Ovir e Crer)

*Esse artigo foi extraído do site do Ministério Ouvir e Crer acesse e seja edificado: www.ouvirecrer.com.br

Fundamentos da oração em Línguas







Este livro é o resultado de 02 anos de ensinamento sobre o assunto da oração em línguas. O livro não foi revisado, ele foi impresso com o objetivo de atender a necessidade e urgência do ensino à respeito desse assunto tão profundo e extenso. Considero apenas como uma introdução aos primeiros passos de uma longa jornada de revelação e do poder do Espírito Santo operando em nossas vidas.

A Natureza de DEUS

A Natureza de DEUS
 
As ideias sobre Deus são quase infinitas, mas é o que a Palavra fala sobre Deus que nos ajuda a conhecê-lO. Observe, por exemplo, esta observação de Paulo a respeito de Israel (que muitos não entendem): “Considere, pois, a bondade e a severidade de Deus; para com os que caíram, severidade, mas, para contigo (que crê), a bondade de Deus, se nela permaneceres, doutra sorte também tu serás cortado” (Romanos 11:22). O profeta Jeremias disse: “De longe (desde a antiguidade) se me deixou ver o Senhor, dizendo: Com amor eterno eu te amei, por isso com benignidade te atraí” (Jeremias 31:3).
Um dia, Deus me perguntou: Bernard, você sabe por que eu fiz o homem?  Claro, eu não tinha a resposta. Então Deus me disse: De todos os seres que fiz, nenhum conhecia o meu amor, assim, fiz o homem para ele conhecer o meu amor e passá-lo aos outros. Por isso João afirmou: “Aquele que não ama não conhece a Deus, pois Deus é amor” (João 4:8). Você vive de modo a passar aos outros o amor de Deus?
O amor, em termos de Deus, fez com que Ele Se sacrificasse para nos redimir da morte em que nascemos. Ele mesmo diz: “Eu sou o primeiro e o último, e aquele que vive; estive morto (assumi a sua morte), mas eis que estou vivo, pelos séculos dos séculos (toda a eternidade), e tenho as chaves da morte e do inferno” (Apocalipse 1:17b,18). Por isso, Jesus diz a quem realmente crê: “Vós me vereis; porque eu vivo, vós também vivereis (eternamente)” (João 14:19b). E também por isso, Paulo disse, no primeiro texto acima: ”se nela permaneceres” pois, “Jesus, que é o resplendor da glória e a expressão exata de o que Deus é, depois de ter feito a purificação dos pecados, assentou-se à direita da Majestade nas alturas (por aquele que nEle crê)” (Hebreus 1:3).
Em razão de Sua natureza, Deus somente Se relaciona com a Vida, nunca com a morte e o pecado; por isso, há sempre bondade para quem aceita de coração o que Ele fez em Cristo para a nossa salvação, e severidade para aquele (como Adão) que despreza e desobedece ao seu amor.

 Ministério Verdade Viva. C.P.51, Cep 30161-970, Belo Horizonte,MG  e-mail:    ministerioverdadeviva@gmail.com  
 
Apresentamos tudo com amor e respeito, visando sua edificação em Deus

oraçao


Somente CRÊ

Somente CRÊ
 
O que Deus fez para você no Evangelho está feito, está estabelecido por Deus; assim, você nada pode fazer para Deus realizar o que já foi feito por você. Você somente pode crer. Como Jesus disse a Jairo: “crê somente” (Marcos 5:36). Deus te ama de tal forma que, antes de você nascer, Ele disse: Desfaço as tuas transgressões como a névoa, e os teus pecados como a nuvem; torna-te para mim (crendo em mim), porque Eu te remi (livrei você do poder do mal)” - Isaías 44:22.
O mundo em que nascemos e vivemos não é bom. Deus pretendia outra situação para nós: O Éden, a provisão divina, porém Adão optou por proceder ao seu próprio modo, rebelando-se contra o que Deus lhe dera e tudo mudou: A Adão, Deus disse: Visto que atendeste a voz de tua mulher, e comeste da árvore que eu te ordenara, não comesses; maldito é a terra por tua causa: em fadigas obterás dela o sustento durante os dias de tua vida (aqui)” (Gênesis 3:17).
E Adão descobriu que este mundo é uma gaiola de sofrimentos que funciona como o deus dos homens.
No entanto, “Para a liberdade (vivermos livres) foi que Cristo Jesus nos libertou” (Gálatas 5:1). Jesus já fez tudo para vivermos nas bênçãos do Evangelho. Para você ser feliz e bem-aventurado em tudo que fizer.
 Ministério Verdade Viva. C.P.51, Cep 30161-970, Belo Horizonte,MG  e-mail:    ministerioverdadeviva@gmail.com

terça-feira, 23 de outubro de 2012

encontro de Unçao!!!!



momentos de unçao!!!!




oração em linguas a Chave dos MILAGRES!!!!!!!!

Oração em Linguas - Isaias Barbosa

INTRODUÇÃO:

Nós somos um espírito, possuímos uma alma e habitamos em um corpo.
(I Tessalonicenses 5:23) – “E o mesmo Deus de paz vos santifique em tudo; e todo o VOSSO ESPÍRITO, E ALMA, E CORPO, sejam plenamente conservados irrepreensíveis para a vinda de nosso SENHOR Jesus Cristo.”
(Hebreus 4:12) – “Porque a palavra de Deus é viva e eficaz, e mais penetrante do que espada alguma de dois gumes, e penetra até à DIVISÃO DA ALMA E DO ESPÍRITO, e das juntas e medulas, e é apta para discernir os pensamentos e intenções do coração.”

1- Quais são as faculdades ou função da alma?
- As faculdades ou função da alma são: Mente, vontade e emoções.
2- Quais são as faculdades ou função do espírito?
- Intuição, comunhão...

Há um caminho onde você pode edificar, fortalecer, exercitar o seu espírito e este caminho é Orar através de uma linguagem que Deus criou no seu espírito quando você foi batizado no Espírito Santo: A Oração em línguas para edificação pessoal.

TEXTO:

(I Corintios 12:4-11) - Ora, há diversidade de dons, mas o Espírito é o mesmo. E há diversidade de ministérios, mas o Senhor é o mesmo. E há diversidade de operações, mas é o mesmo Deus que opera tudo em todos. Mas a manifestação do Espírito é dada a cada um, para o que for útil. Porque a um pelo Espírito é dada a palavra da sabedoria; e a outro, pelo mesmo Espírito, a palavra da ciência; E a outro, pelo mesmo Espírito, a fé; e a outro, pelo mesmo Espírito, os dons de curar; E a outro a operação de maravilhas; e a outro a profecia; e a outro o dom de discernir os espíritos; e a outro a VARIEDADE DE LÍNGUAS; e a outro a interpretação das línguas. Mas um só e o mesmo Espírito opera todas estas coisas, repartindo particularmente a cada um como quer.

SÃO QUATRO AS VARIEDADES DE LÍNGUAS:
1. Língua para edificação pessoal; (sem interpretação)
2. Línguas para edificação da Igreja (com interpretação)
3. Línguas como Sinal para os Incrédulos (Atos 2)
4. Línguas com Gemidos Inexprimíveis (Línguas Intercessórias)

LÍNGUAS COMO SINAL PARA OS INCRÉDULOS

É o que aconteceu na descida do Espírito Santo no dia do Pentecostes. (Atos 2:1-10). Os discípulos estavam reunidos no cenáculo e quando foram cheios do Espírito Santo começaram a falar em outras línguas conforme o Espírito Santo concedia. Aconteceu que estavam reunidos no local pessoas representando cerca de 16 (dezesseis) nações estrangeiras e passaram a ouvir os discípulos anunciando as grandezas de Deus na sua própria língua materna. É como se fosse hoje e no local estivessem reunidas pessoas do Japão, Estados Unidos, França, Alemanha, etc. e cada um entendesse no seu idioma a fala dos discípulos. Nota-se que esta foi uma manifestação sobrenatural do Espírito Santo e não simplesmente o falar em outro idioma. Eles falaram em outras línguas. Línguas desconhecidas.
(Atos 2:4) – “E todos foram cheios do Espírito Santo, e COMEÇARAM A FALAR NOUTRAS LÍNGUAS, conforme o Espírito Santo lhes concedia que falassem.”

(Atos 2:6) - E, quando aquele som ocorreu, ajuntou-se uma multidão, e estava confusa, porque cada um os ouvia falar na sua própria língua.
(Atos 2:7) - E todos pasmavam e se maravilhavam, dizendo uns aos outros: Pois quê! não são galileus todos esses homens que estão falando?
(Atos 2:8) - Como, pois, os ouvimos, cada um, na nossa própria língua em que somos nascidos?


LÍNGUAS PARA EDIFICAÇÃO PESSOAL (sem interpretação)

(I Corintios 14:4) - O que fala em língua desconhecida edifica-se a si mesmo, mas o que profetiza edifica a igreja.
(Judas 1:20) - Mas vós, amados, edificando-vos a vós mesmos sobre a vossa santíssima fé, orando no Espírito Santo.

A oração em línguas citada no texto de 1 Coríntios e a Oração no Espírito Santo citada no texto de Judas, têm o mesmo resultado, a mesma operação. Portanto, é o mesmo tipo de oração que tem como resultado: A SUA EDIFICAÇÃO PESSOAL.

(I Corintios 14:2) - Porque o que fala em língua desconhecida não fala aos homens, senão a Deus; porque ninguém o entende, e em espírito fala mistérios.
(I Corintios 14:13) - Por isso, o que fala em língua desconhecida, ore para que a possa interpretar.


Vamos ver o que Jesus disse a respeito disso em Marcos capítulo 16, no verso 17:
"E estes sinais acompanharão aos que crerem: em meu nome expulsarão demônios; FALARÃO NOVAS LÍNGUAS..."

Jesus não parece ter nos deixado muita opção. Ele disse que nós falaríamos novas línguas! Não é uma opção. É uma ordem. Então, se eu falar com uma linguagem estranha, que eu não entendo, estarei me edificando. Repare neste ato de fé: vou fazer isso simplesmente porque está escrito. Em outras palavras, se eu orar em línguas, ou ORAR NO ESPÍRITO SANTO, eu vou estar edificando a minha santíssima fé. Quando eu oro em línguas, eu estou dando expressão ao espírito.


ONDE A ORAÇÃO EM LÍNGUAS OCORRE

No espírito humano e não na alma. Por isso não há necessidade de aferi-la com os nossos sentimentos, arrepios, sensações, etc. Os sentimentos são processados na nossa alma. (lembre-se: As faculdades ou funções da alma são mente, vontade e emoções).
A nossa mente não entra em operação quando nós oramos em outras línguas.
(I Corintios 14:14) – “Porque, se eu orar em língua desconhecida, O MEU ESPÍRITO ORA bem, mas O MEU ENTENDIMENTO FICA SEM FRUTO.”
Como a minha mente não entra em operação neste tipo de oração, como posso tirar o melhor proveito do meu tempo de oração?
Quando eu oro em outras línguas, quem está em operação é o meu espírito.
Quando eu faço qualquer outra atividade que envolva a alma (mente, vontade ou emoções) a alma está em operação e o espírito fica infrutífero. Quando eu oro em outras línguas quem opera é o espírito. Por isso eu posso dirigir um carro onde minha mente fica concentrada na troca de marchas, na frenagem, no trânsito e orar em outras línguas. Posso orar em outras línguas quando estiver tomando um banho, fazendo uma caminhada, dirigindo um carro, assistindo a um DVD, ouvindo Cds de adoração, ouvindo a palavra ou a sós com Deus na minha devocional.


COM QUEM FALAMOS QUANDO ORAMOS NO ESPÍRITO

Segundo a palavra de Deus, quem ora em outras línguas está falando com Deus e não com os homens. Então, quando você estiver orando em outras línguas não se preocupe com sensações, arrepios, sentimentos, emoções ou até mesmo com o significado desta língua. Continue orando crendo no que a palavra diz: VOCÊ ESTÁ FALANDO COM DEUS!
(I Corintios 14:2) – “Porque o que fala em língua desconhecida não fala aos homens, SENÃO A DEUS; porque ninguém o entende, e em espírito fala mistérios.”

Portanto, mesmo quando eu não estiver sentindo nada (arrepios, o fogo de Deus...) ou passando por adversidades eu continuo a orar em línguas, pois eu estou falando com Deus e não como homens.

AO ORAR EM OUTRAS LÍNGUAS EU VOU ENTENDER O QUE ESTOU FALANDO?

- NÃO!!!

(I Corintios 14:2) – “Porque o que fala em língua desconhecida não fala aos homens, senão a Deus; PORQUE NINGUÉM O ENTENDE, e em espírito fala mistérios.”

Porque a palavra de Deus nos diz que ninguém o entende (não entende a pessoa que está falando em outras línguas). Não se preocupe com isto agora. A sua mente vai duvidar, a sua mente vai questionar e às vezes você vai pensar que nada está acontecendo. Olha, a mente natural não compreende as coisas de Deus porque elas se discernem espiritualmente.
(I Corintios 2:14) - “Ora, o homem natural não compreende as coisas do Espírito de Deus, porque lhe parecem loucura; e não pode entendê-las, porque elas se discernem espiritualmente.” - Por

A não ser que Deus dê a interpretação sobre o que você estiver orando.
(I Corintios 14:13) – “Por isso, o que fala em língua desconhecida, ORE PARA QUE A POSSA INTERPRETAR.”


O QUE ESTOU FALANDO QUANDO ESTOU ORANDO EM LÍNGUAS?

(I Corintios 14:2) – “Porque o que fala em língua desconhecida não fala aos homens, senão a Deus; porque ninguém o entende, E EM ESPÍRITO FALA MISTÉRIOS.”

Segundo a palavra de Deus, quando você está orando em outras línguas você está falando mistérios.

Segundo o léxico grego de Strong, a palavra mistérios de 1 Coríntios 14:2 é a mesma palavra usada em Colossenses 1:26

TÓPICO - 3466 μυστηριον musterion (Léxico grego de Strong)
Algo escondido, secreto, mistério propósito ou conselho oculto.

Um dos seus significados é segredos divinos. Quando nós oramos em outras línguas, o nosso espírito está orando a Deus a respeito destes segredos que a nossa alma (mente) não compreende. Assim como a nossa alma tem uma linguagem (idioma) o nosso espírito regenerado tem outra linguagem. E esta linguagem que nós recebemos quando fomos batizados no Espírito Santo é a linguagem sobrenatural de oração, ou oração em línguas ou oração no espírito. É uma linguagem celestial.
Mas voltando ao assunto que nós estamos tratando quando oramos em outras línguas... que mistérios são estes que estamos orando a Deus?
(Colossenses 1:26) – “O mistério que esteve oculto desde todos os séculos, e em todas as gerações, e que agora foi manifesto aos seus santos;
(Colossenses 1:27) - Aos quais Deus quis fazer conhecer quais são as riquezas da glória deste mistério entre os gentios, QUE É CRISTO EM VÓS, esperança da glória...”
Você está orando quem é Cristo em você, através de você e para você, a esperança da glória. Você está orando os mistérios de Cristo onde estão escondidos todos os tesouros da sabedoria e conhecimento de Deus.
(Colossenses 2:2-3) – 2“para que o coração deles seja confortado e vinculado juntamente em amos, e eles tenham toda a riqueza da forte convicção do entendimento, para compreenderem plenamente o mistério de Deus, Cristo, 3 em quem todos os tesouros da sabedoria e do conhecimento estão ocultos.”

O PROPÓSITO DA ORAÇÃO EM LÍNGUAS

(I Corintios 14:2) – “Porque o que fala em língua desconhecida não fala aos homens, senão a Deus; porque ninguém o entende, E EM ESPÍRITO FALA MISTÉRIOS.”

(Colossenses 1:26) – “O MISTÉRIO que esteve oculto desde todos os séculos, e em todas as gerações, e que agora foi manifesto aos seus santos;

(Colossenses 1:27) - Aos quais Deus quis fazer conhecer quais são as riquezas da glória deste mistério entre os gentios, QUE É CRISTO EM VÓS, esperança da glória...”

A oração em línguas é um dom de revelação. Quando você ora em outras línguas você está orando quem é Cristo EM VOCÊ, PARA VOCÊ e ATRAVÉS DE VOCÊ. Você está orando os segredos de Deus e esta revelação edifica o seu espírito, a sua fé é fortalecida porque todo o plano de redenção de Deus está sendo revelado gradativamente ao seu espírito.
Você não estará entendendo nada do que você está orando no momento, mas estes mistérios são impressos no seu espírito e quando você menos espera uma verdade é revelada ao seu coração; uma revelação, uma palavra rhema lhe salta ao coração, a palavra de Deus começa a operar na sua vida de uma maneira diferente.

Deus lhe deu este dom para sua edificação pessoal. A oração em línguas é a única linguagem de oração que você opera na hora que quiser. Você decide onde e quando orar. Você decide o tempo que você dedicará a este tipo de oração. Você tem o controle neste tipo de oração, enquanto que nos outros tipos (língua com interpretação e língua como sinal para os incrédulos) quem controla é o Espírito Santo.

(I Corintios 14:4) - O que fala em língua desconhecida EDIFICA-SE a si mesmo, mas o que profetiza edifica a igreja.

a) EDIFICAÇÃOO QUE É EDIFICAR? No texto de 1 Coríntios 14:04, Paulo nos fala que somos edificados quando oramos em línguas. A palavra edifica tem a seguinte tradução do original grego no Léxico Grego de Strong:
3618 οικοδομεω oikodomeo também οικοδομος oikodomos At 4.11
do mesmo que 3619; TDNT - 5:136,674;
1) construir uma casa, erigir uma construção
1a) edificar (a partir da fundação)
1b) restaurar pela construção, reconstruir, reparar
2) metáf.
2a) fundar, estabelecer
2b) promover crescimento em sabedoria cristã, afeição, graça, virtude, santidade, bem-aventurança
2c) crescer em sabedoria e piedade
(Judas 1:20) - Mas vós, amados, EDIFICANDO-VOS a vós mesmos sobre a vossa santíssima fé, orando no Espírito Santo,

O texto de Judas 20 também diz que somos edificados quando oramos em línguas. A palavra edificando-vos tem a seguinte tradução do original grego no Léxico Grego de Strong:
2026 εποικοδομεω epoikodomeo
de 1909 e 3618; TDNT - 5:147,674; v
1) construir sobre, edificar
Para terminar a estrutura da qual a fundação já foi colocada, para incrementar constantemente o conhecimento cristão e uma vida que se conforma a ele.


INVESTINDO QUALIDADE DE TEMPO NA ORAÇÃO EM LÍNGUAS

(I Corintios 14:18) - Dou graças a Deus, porque falo em outras línguas MAIS DO QUE TODOS VÓS.

Paulo, neste texto nos dá a entender que ele gastava tempo orando em outras línguas. Ele investia muito tempo em oração em línguas. E no texto abaixo ele nos orienta a orar no Espírito em todo o tempo. Portanto, ore andando, deitado, fazendo caminhada, dirigindo o carro, dentro do ônibus, lendo, ouvindo pregações, ouvindo CD’s, DVD’s, etc.

(Efésios 6:18) - com toda oração e súplica, ORANDO EM TODO TEMPO NO ESPÍRITO e para isto vigiando com toda perseverança e súplica por todos os santos.

Que tal a partir de agora você entrar num propósito de orar pelo menos 1h (uma hora) por dia para começar?

Para ser mais ousado, fui desafiado a orar pelo menos 2h (duas) horas por dia e você?

Justiça de Deus



Após um período de oração na manhã de hoje, 30 de setembro de 2012, o Senhor colocou esta palavra no meu coração para ministrar na reunião hoje à noite. 

Dividi os assuntos no Power Point para facilitar o ensinamento e agora, resolvi postar neste blog.

Espero que todos vocês sejam grandemente edificados no Senhor após a leitura e meditação desta palavra.

Abraços, 

Pr. Isaias Barbosa.


Visto que a justiça de Deus se revela no evangelho, de fé em fé, como está escrito: o justo viverá por fé. (Rm 1:17).
Justo – No contexto de Romanos 1.17
Léxico Strong - dikaios
1a2) inocente, irrepreensível, sem culpa
1a4) aprovado ou aceitado por Deus
Justo – Segundo E.W.Kenyon
Ser justo é estar diante de um Deus, Santo e Puro, sem medo, sem complexo de inferioridade, sem sentimento de culpa.

O Pecado é a causa do medo e afastamento do homem da presença de Deus
9 E chamou o Senhor Deus ao homem e lhe perguntou: Onde estás? 10 Ele respondeu: Ouvi a tua voz no jardim, e, porque estava nu, tive medo, e me escondi. (Gn 3. 9-10)

Pecado no contexto de Isaías 53.10
10 Todavia, ao Senhor agradou moê-lo, fazendo-o enfermar; quando der ele a sua alma como oferta pelo pecado, verá a sua posteridade e prolongará os seus dias; e a vontade do Senhor prosperará nas suas mãos. (Is 53.10)

Pecado (Isaías 53): Léxico Strong -  אשם asham
1) culpa, ofensa, pecado, culpabilidade, transgressão...

Então ser justo significa:
Estar diante de um Deus Santo e Puro, sem medo, sem complexo de inferioridade, sem sentimento de culpa...
É ser inocente, irrepreensível e sem culpa diante de Deus
É ser aprovado e aceitado por Deus
Todos os Homens se tornaram pecadores em Adão
(Rm 3.23) - pois todos pecaram e carecem da glória de Deus.
(Rm 5.12) - 12 Portanto, assim como por um só homem entrou o pecado no mundo, e pelo pecado, a morte, assim também a morte passou a todos os homens, porque todos pecaram.


Se houvesse um meio de remover o pecado não precisaríamos mais 
de andar com medo, vergonha, culpa ou complexo de inferioridade
diante de um Deus santo, puro, íntegro e justo...
 OS NOSSOS PROBLEMAS ESTARIAM RESOLVIDOS...

MAS JESUS FEZ ISSO... RESOLVEU O NOSSO PROBLEMA

Carregou sobre o seu corpo os nossos pecados;
Levou os nossos pecados sobre si;
Tomou os nossos pecados sobre si;
Colocou sobre si mesmo os nossos pecados;
Suportou as punições impostas ao pecador;
Foi feito pecado por nós.

24 carregando ele mesmo em seu corpo, sobre o madeiro, os nossos pecados, para que nós, mortos para os pecados, vivamos para a justiça; por suas chagas, fostes sarados. (1 Pe 2.24)

Léxico Strong - Carregando = anaphero
levar, tomar sobre si mesmo, colocar algo sobre si mesmo como um carga para ser levada, (suportar, i.e. suas punições)
Toda nossa perversidade, total estado de depravação, iniquidade e culpa
recaiu sobre o Senhor Jesus Cristo

6 Todos nós andávamos desgarrados como ovelhas; cada um se desviava pelo caminho, mas o Senhor fez cair sobre ele a iniquidade de nós todos. (Is 53.6)

Léxico Strong - Iniquidade = avown
perversidade, depravação, iniqüidade, culpa (como grande), culpa (referindo-se a condição)
 Jesus foi feito pecado por nós, ou seja, Ele assumiu a nossa natureza pecaminosa lá na cruz do calvário.

Natureza... Exemplo:
O que o padeiro faz? O padeiro faz pão
O que o pecador produz? Pecado. O pecador é escravo do pecado (Jo 8.34)

Deus fez Jesus pecado por amor a nós

21 Aquele que não conheceu pecado, ele o fez pecado por nós; para que, nele fôssemos feitos justiça de Deus. (2 Co 5.21)

Léxico Strong - Verbo fazer = ποιεω poieo
1g) (fazer, i.e.) considerar alguém alguma coisa - (fazer, i.e.) constituir ou designar alguém alguma coisa, designar ou ordenar alguém que - (fazer, i.e.) declarar alguém alguma coisa.
Pelo fato do Senhor Jesus Cristo ter...
Carregado os nossos pecados sobre o seu corpo; ter levado os nossos pecados sobre si; ter tomado os nossos pecados sobre si; ter colocado os nossos pecados sobre si mesmo...

Deus, o Supremo Juiz declarou Jesus:
Culpado, ofensor, pecador, transgressor e iníquo.

Por isso Jesus teve que suportar o Getsêmani se identificando com a raça humana

(Mateus 26.36-37)
36 em seguida, foi Jesus com eles a um lugar chamado Getsêmani e disse a seus discípulos: assentai-vos aqui, enquanto eu vou ali orar; 37 e, levando consigo a Pedro e aos dois filhos de Zebedeu, começou a entristecer-se e a angustiar-se.

Léxico Strong - angustiar –se = ademoneo
1) estar ansioso, em grande aflição ou angústia, deprimido
esta é a mais forte das três palavras gregas no Novo Testamento para depressão. 
  
(Marcos 14.32-33)
32 então, foram a um lugar chamado Getsêmani; ali chegados, disse Jesus a seus discípulos: assentai-vos aqui, enquanto eu vou orar. 33 e, levando consigo a Pedro, Tiago e joão, começou a sentir-se tomado de pavor e de angústia.

Léxico Strong - pavor = ekthambeo
sentir terror ou estar maravilhado, aterrorizar, estar assustado em perplexidade, estar completamente perplexo, pasmo, estar assustado com terror
 (Lucas 24.40-44)
40 chegando ao lugar escolhido, Jesus lhes disse: orai, para que não entreis em tentação. 41 ele, por sua vez, se afastou, cerca de um tiro de pedra, e, de joelhos, orava, 42 dizendo: pai, se queres, passa de mim este cálice; contudo, não se faça a minha vontade, e sim a tua. 43 [então , lhe apareceu um anjo do céu que o confortava. 44 e, estando em agonia, orava mais intensamente. e aconteceu que o seu suor se tornou como gotas de sangue caindo sobre a terra.]

Léxico Strong - agonia = 74 αγωνια agonia
luta pela vitória, exercício ginástico, luta romana, de lutas e emoções mentais severas, agonia, angústia...

Pelo fato do senhor Jesus Cristo ter carregado os nossos pecados sobre o seu corpo; ter levado os nossos pecados sobre si; ter tomado os nossos pecados sobre si; ter colocado os nossos pecados sobre si mesmo...

Deus o considerou:
culpado, ofensor, pecador, transgressor e iníquo.

Jesus suportou todas as consequências do pecado por amor a nós... 
No getsêmani ele sentiu: ânsia, grande aflição ou angústia, depressão, terror, ficou assustado, completamente perplexo, pasmo, estar assustado com terror. isso sem falar no momento da crucificação, da sua morte espiritual e física!
 Não pelas nossas obras, mas por tudo o que Jesus fez por nós, NOS TORNAMOS JUSTOS DIANTE DE DEUS!

(Rm 5.1)
justificados, pois, mediante a fé, temos paz com Deus por meio de nosso senhor Jesus cristo; 2 por intermédio de quem obtivemos igualmente acesso, pela fé, a esta graça na qual estamos firmes...

(Rm 5.19)
19 porque, como, pela desobediência de um só homem, muitos se tornaram pecadores, assim também, por meio da obediência de um só, muitos se tornarão justos.

(Rm 8.1)
agora, pois, já nenhuma condenação há para os que estão em Cristo Jesus. 

Fomos justificados gratuitamente mediante a redenção que há em cristo jesus
(Rm 3.23-24)
23 pois todos pecaram e carecem da glória de Deus, 24 sendo justificados gratuitamente, por sua graça, mediante a redenção que há em Cristo Jesus

Éramos estranhos, inimigos de Deus, e produzíamos obras malignas. Deus nos reconciliou com ele mesmo mediante a morte de Jesus Cristo com um propósito: apresentarmos perante ele... santos,inculpáveis e irrepreensíveis
e a vós outros também que, outrora, éreis estranhos e inimigos no entendimento pelas vossas obras malignas, 22 agora, porém, vos reconciliou no corpo da sua carne, mediante a sua morte, para apresentar-vos perante ele santos, inculpáveis e irrepreensíveis, 23 se é que permaneceis na fé, alicerçados e firmes, não vos deixando afastar da esperança do evangelho que ouvistes e que foi pregado a toda criatura debaixo do céu, e do qual eu, Paulo, me tornei ministro. (cl 1.21-23)

O escrito de dívida que era contra nós foi cancelado
e a vós outros, que estáveis mortos pelas vossas transgressões e pela incircuncisão da vossa carne, vos deu vida juntamente com ele, perdoando todos os nossos delitos; 14 tendo cancelado o escrito de dívida, que era contra nós e que constava de ordenanças, o qual nos era prejudicial, removeu- o inteiramente, encravando-o na cruz; 15 e, despojando os principados e as potestades, publicamente os expôs ao desprezo, triunfando deles na cruz.  (Cl 2.13-15)

Temos agora a natureza de Deus
pelas quais nos têm sido doadas as suas preciosas e mui grandes promessas, para que por elas vos torneis co-participantes da natureza divina, livrando-vos da corrupção das paixões que há no mundo (2 pe 1.4)

Somos uma nova criação
e, assim, se alguém está em Cristo, é nova criatura; as coisas antigas já passaram; eis que se fizeram novas. (2 co 5.17)

Somos um só espírito com Cristo
mas aquele que se une ao Senhor é um espírito com ele. (1 co 6.17)

Temos a mente de cristo
pois quem conheceu a mente do Senhor, que o possa instruir? nós, porém, temos a mente de cristo. (1co 2:16)

Temos redenção e remissão através do sangue de cristo
no qual temos a redenção, pelo seu sangue, a remissão dos pecados, segundo a riqueza da sua graça (ef 1:7)

Somos  chamado igreja – corpo de cristo
e pôs todas as coisas debaixo dos pés e, para ser o cabeça sobre todas as coisas, o deu à igreja, 23 a qual é o seu corpo... (ef 1.22-23)

Jesus nos mostrou o caminho – ele é o caminho
Jesus nos mostrou a porta – ele é a porta

Portanto, a partir de hoje:
Tenha intrepidez de entrar na presença de Deus
Entre na condição de filho
Entre na condição de justo
Entre na condição de inocente diante do tribunal
Entre na condição de irrepreensível
Entre na condição de aprovado por Deus
Entre na condição de aceitação de Deus
Entre sem sentimento de medo
Entre sem culpabilidade
Entre sem complexo de inferioridade


Fomos justificados – nos tornamos justos Em cristo jesus!
justificados, pois, mediante a fé, temos paz com deus por meio de nosso senhor Jesus Cristo; 2 por intermédio de quem obtivemos igualmente acesso, pela fé, a esta graça na qual estamos firmes... (Rm 5.1)

19 porque, como, pela desobediência de um só homem, muitos se tornaram pecadores, assim também, por meio da obediência de um só, muitos se tornarão justos. (Rm 5.19)

agora, pois, já nenhuma condenação há para os que estão em Cristo Jesus. (Rm 8.1)

pois todos pecaram e carecem da glória de Deus, 24 sendo justificados gratuitamente, por sua graça, mediante a redenção que há em Cristo Jesus (Rm 3.23-24)

Glórias a Deus!!!
blog Vida no Espiríto

segunda-feira, 22 de outubro de 2012

Armadura ou arma?


Armadura ou arma?
Tipo: Estudo aprofundado / Autor: Cida Augusto


"Porque , ainda que vivamos na carne, não militamos segundo a carne. Não são carnais as armas com que lutamos. São poderosas, em Deus, capazes de arrasar fortificações. Nós aniquilamos todo raciocínio e todo orgulho que se levanta contra o conhecimento de Deus, e cativamos todo pensamento e o reduzimos à obediência a Cristo". 2 Co 10.3-5
Partindo da ideia que basta estar vivo para que haja a necessidade de lutar, percebemos que lutamos diariamente por tudo em nossa existência, lutamos pelo pão, pela família, pela igreja, pela saúde, etc.
Contudo na vida de um cristão além da diária luta material, ou seja no “mundo” físico; há uma luta espiritual. Temos batalhas que são travadas no reino espiritual, num ambiente invisível, às vezes silencioso, mas real. A bíblia diz isso em Ef. 6.12
Nesta batalha espiritual que se trava ao nosso redor, não adianta lutar segundo a carne, não é a nossa inteligência, capacidade, saúde, dinheiro e qualquer tipo de esforço físico ou mental que nos trará a vitória.Apostolo Paulo diz que são as “armas poderosas em Deus”.
Eu e você sabemos a diferença entre a sabedoria do mundo e a sabedoria espiritual? Nós cristãos, os soldados de Cristo não nos iludimos ou nos enganamos com a aparente sabedoria do mundo?
Nossas armas são poderosas em Deus, para derrotarmos as fortalezas diz a bíblia.
A questão é saber que armas poderosas são essas, que estão acima das nossas forças físicas e nos faz vitoriosos no mundo espiritual.
O fato é que na nossa batalha contra o mal, deveríamos usar as armas espirituais de Deus que nos capacitam para vencer.
Quando um soldado sai para uma guerra tem que está equipado, preparado, treinado para o combate, no mundo espiritual também. Como?
Certamente a bíblia, a Palavra de Deus nos dá esta e outras respostas.
Antes vamos esclarecer as armas que o inimigo usa para nos confundir e paralizar são: o engano, sofismas, ignorância e cegueira e morte. Satanás não brinca de MATAR, ROUBAR E DESTRUIR. Está é a sua missão, e ele é obstinado em cumpri-lo.
Outra situação a esclarecer é que devemos distinguir entre ARMAS E ARMADURAS. Um fator interessante de se ressaltar, é que muitos pensam e até ensinam que para entrar na batalha basta se revestir com a armadura de Deus descrita em ef. 6. Com isso temos visto muitos crentes entrar e sair de uma batalha espiritual literalmente arrebentado. Porque?
Porque armadura equipamento de proteção e não arma.
Que armas poderosas são essas?
1- SUBMISSÃO A DEUS; vida de retidão

2- DEDICAÇÃO A VERDADE- A Palavra de Deus – buscar no Senhor sua Presença e seu Poder;(

3- AUTORIDADE QUE DEUS NOS DEU – (Lc10.19)

4- COBERTURA ESPIRITUAL - Sangue de Jesus- Atesta p/ o fim do senhorio de Satanás como o grande acusador. (Ap.12:12)Reflete o furor de uma batalha e a grandiosidade da vitória. “Venceram pelo sangue”(Ap.12:7-11)

5- O ESPIRITO SANTO- Numa batalha espiritual não se vence sozinho. Deus nos deu o Seu Espírito que é residente em todo aquele que passou pela experiência do novo nascimento.

6- ORAÇÃO PERSEVERANTE- Além da sua importância como instrumento de contato entre nós e Deus, a oração é também uma arma do cristão na guerra espiritual. Use essa arma poderosa que Deus colocou em nossas mãos. Faça da sua vida uma vida de oração e adoração a Deus.

7- FÉ- é uma tremenda arma espiritual. Porque está firmada em Deus e na Sua Palavra e na obra de Cristo por nós. A fé é expressada na palavra que sai da nossa boca: cremos, agimos e liberamos a Palavra. (At.16:18; Hb.11:6).

Conclusao: Na batalha contra fortalezas o crente necessita de ARMAS E ARMADURAS. Sem as quais é impossível estamos firmes contra o ataque do diabo e é por isso que somos atingidos. O soldado romano quando saia à guerra estava totalmente equipado para enfrentar o inimigo. Tinha sobre si a armadura e as armas para se proteger contra o inimigo.
Assim é o crente quando desce ao campo de batalha. Deus não nos envia sem a devida proteção. Ele nos proveu toda a armadura espiritual para que possamos VENCER e permanecer INABALAVEL.( couraça da justiça;calçar os pés com a preparaçao do evangelho da paz; escudo da fé;capacete da salvação e a espada do Espirito)Não sabemos quando o inimigo vem nos atacar. Outra arma que Satanás não conhece a linguagem da mansidão. Invista-se de toda autoridade e o enfrente com rigor, com uma palavra dura, na autoridade, unção e poder do Espírito Santo, nosso Ajudador. E diante destas armas ele vai recuar.